Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

O MAIS CARO DO MUNDO: A W196R DE FANGIO

Compartilhe!

it_is_the_only_unit_in_private_hands_large_173536

Era de se esperar: o Mercedes-Benz WR16R, ano 1954, com que Juan Manuel Fangio venceu os Grandes Prémios de França e da Alemanha em 1954 estabeleceu um novo recorde de preço de um carro vendido em leilão. No leilão de Bonhams o carro de Fangio foi arrebatado por um preço final de 22.7 milhões de euros (R$ 70 milhões). Este foi também o preço mais elevado pago por um carro de corrida e por um Mercedes-Benz.

Fangio venceu o seu primeiro Campeonato de Fórmula 1 pilotando o Mercedes W196R naquela temporada. O carro vendido é o único Silver Arrow –Flecha de Prata- do pós-guerra em propriedade privada e um dos dez carros ainda existentes dos 14 produzidos. A Mercedes é proprietária de seis dos W196R e os outros três estão em coleções de museus.

“Se estivesse aqui hoje, Fangio iria abanar a cabeça e esboçar um sorriso. Ele era um homem humilde, originalmente um mecânico de uma cidade produtora de batatas na Argentina, e nunca se esqueceu das suas raízes enquanto piloto, era simplesmente um génio… Como homem não tinha inimigos,  foi universalmente amado, mesmo por aqueles que ele vencia regularmente na pista”, cotou Doug Nye, historiador de corridas que pesquisou o carro para Bonhams.

Jorhe Finardi Filho


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *