Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

O Salão de Paris e suas novidades

Compartilhe!

i

Como de hábito, muitas novidades serão apresentadas no Salão de Paris 2014. AUTO&TÉCNICA irá atualizando as informações sempre que necessário. O evento abre as portas no Paris Expo, na Porte de Versailles, dia 2 de outubro. Aqui fica a lista dos modelos mais importantes que já estão confirmados, em ordem alfabética da marca.

Audi

RS3 – Para brigar com a BMW M235i e com o Mercedes A45 AMG, a Audi preparou o A3, que será apresentado em Paris como RS3. O motor tem cerca de 360 cv, extraídos do eficiente 2.5 TFSI.

TT Roadster – A versão aberta do novo TT estará em Paris, com a linha de motores do TT cupê recentemente apresentada, com destaque para o 2.0 TFSI de 230 cv.

TT Sportback Concept – O terceiro elemento da linha TT surge em Paris como conceito, juntando-se ao TT Allroad Shooting Break e ao TT Offroad, já mostrados anteriormente.

A6/S6 – O sedã esportivo do A6 recebe uma renovação de meio de ciclo de vida, com o foco das mudanças centrado na dianteira, onde surgem novos faróis LED e pára-choque redesenhado. Mas as alterações estenderam-se, também, ao desempenho, pois o motor 4.0 biturbo subiu a potência para 430 cv, o que permite aceleração de zero a 100 km/h em 4,6 segundos.

R8 – O superesportivo da Audi vai, finalmente, receber a segunda geração que, pelas imagens divulgadas, não é tão diferente assim do atual. Seja como for, apesar de ainda não ser absolutamente confirmada sua presença em Paris, o R8 apresenta a mesma base do Lamborghini Huracan, e terá apenas tração integral e os motores serão os mesmo V8 e V10 do atual modelo.

Bentley

Mulsanne Speed – A versão que vai surgir em Paris destaca-se pelo aumento de potência do 6.8V8, que chega agora aos 535 cv. Por isso, a Bentley garante que o Mulsanne Speed é a “experiência de direção ultra-luxuosa mais rápida do mundo”. A dar suporte a essa afirmação estão os 4,9 segundos no 0-100 km/h e velocidade máxima de 305 km/h.

BMW

X6 – O renovado X6 teve a sua apresentação marcada para o Salão de Moscou, mas a marca alemã decidiu deixar essa novidade para o Salão de Paris. O modelo, renovação de meio de ciclo e com muitas semelhanças com o novo X4, estará nas lojas européias ainda este ano.

Série 2 Cabrio – Rotulado pela marca como um carro “mais adulto” e com maior prestigio do que o modelo que substitui, o Série 2 Cabriolet chega nas concessionárias em outubro e terá capota de lona, exibindo as mesmas dimensões do cupê.

Citroën

C1 Urban Ride – O jovem e irreverente Citroën C1 vai conhecer em Paris uma nova versão que vai analisando a reação dos visitantes e fãs da marca. O Urban Ride é uma espécie de crossover que quer disputar mercado com o VW Cross Up! e Opel Adam Rocks. Mais alto em 15 mm, tem bitolas mais largas, detalhes mais dedicados ao fora de estrada leve e outros pára-choques, além de faróis de neblina redesenhados. O modelo serámostrado nas versões fechada e Airscape.

C4 Cactus Airflow 2L – Esta é a resposta da Citroën ao desafio do governo francês, de fazer um carro com consumo de 50 km/litro –e que originou conceitos da Peugeot e da Renault. Assim nasceu este muito especial Citroen C4 Cactus, que graças a muita tecnologia, permite que o carro faça bem mais ded 50 km/litro. Com 100 kg a menos que o modelo de série, está equipado com o sistema Hybrid Air, semelhante ao do Peugeot 2008 Concept. 

Divine DS – Por enquanto ainda leva a marca Citroën, mas o Divine é o começo da independência da DS como marca. É, também, a mostra para aquilo que será a DS em termos de estilo, refinamento e ambição. O Divine DS está baseado num carro do segmento C e não é a projeçao de qualquer modelo em particular; ele apresenta detalhes do futuro da marca DS.

Ferrari

458 Speciale A – Apenas 499 exemplares serão produzidos desta Ferrari 458 muito especial, na versão conversível, equipada com o mesmo V8 do cupê, que nesta versão tem 600 cv. Acelera de zero a 100 km/h em 3,2 segundos, o mesmo tempo do 458 Speciale cupê.

Fiat

500X – Feito com base no Jeep Renegade e já mostrado por AUTO&TÉCNICA, o 500 X é o mais recente membro da crescente linha 500 e, segundo a Fiat, é aquele que finaliza essa sequência, ao lado do 500 L. Não há ainda muitos detalhes, mas sabe-se que os motores serão os MultiAir e TwinAir, diesel e gasolina.

Ford

C-Max – Desconhecido no Brasil, o monovolume nas versões C-Max e Grand C-Max vai receber várias evoluções. O visual é novo –com destaque para a frente– a suspensão recebeu alterações e, em termos de motores, a linha passa a contar com os novos 1.5 Ecoboost e TDCi.

S-Max – O monovolume esportivo da marca mudou completamente, da plataforma ao estilo, dos motores às transmissões. Tudo foi alterado. O S-Max servirá, também, como base para a versão Vignale, luxuosa.

Honda

Jazz – O Fit brasileiro. Ainda como protótipo, mas perto da definição final para a Europa, o novo Jazz também estará presente em Paris. O modelo já está á venda em outros mercados com o nome Fit -com o acontece aqui- mas as vendas na Europa só começam no próximo ano. Maior refinamento, mais equipamento e espaço que o anterio, são destaques do Jazz.

Civic – A remodelação do Civic é mais uma tentativa da Honda em fazer com que o modelo consiga acelerar as vendas na Europa, bem abaixo das expetativas da marca japonesa. O foco das alterações reside na dianteira, com a Honda acrescentando versões mais esportivas antes da chegada do Civic Type R.

Civic Type R – Apresentado como conceito, está no estágio quase final de desenvolvimento, e aparecerá com motor 2.0 turbo de quatro cilindros, que pode surpreender com mais de 300 cv.

HR-V – Já apresentado por AUTO&TÉCNICA, o novo SUV pequeno da Honda recupera um nome que já foi importante na marca, utilizando a mesma plataforma do Jazz/Fit e a mesma série de motores. A estréia do novo HR-V acontece oito anos depois que o modelo original foi descontinuado pela Honda. Curiosamente, o HR-V é um modelo que já está à venda em alguns mercados com o nome Vezel, e em breve será lançado no Brasil.

  

Hyundai

i20 – O novo i20 é muito diferente do atual modelo e tem como missão lutar pelos primeiros lugares do segmento com Ford Fiesta e VW Polo. O modelo começará a ser vendido nas versões de cinco portas, mas a Hyundai vai colocar no mercado europeu também um i20 de três portas que, naturalmente, terá uma versão esportiva N, a base do novo carro de rali da marca. O estilo é a primeira aparição da nova fase da linguagem de desenho “fluidic sculpture”.

Infiniti

Q80 – O Nissan de luxo vai mostrar em Paris um concorrentel para o Porsche Panamera, um conceito batizado de Q80. Este carro será a antevisão do modelo de produção que será lançado em 2017 ou 2018.

Jaguar

XE – Amplamente divulgado e detalhado, o Jaguar XE será mostrado mundialmente no Salão de Paris. O rival da BMW Série 3, Mercedes Classe C e Audi A4 terá plataforma de alumínio, a nova linha de motores Ingenium e estilo inspirado nos atuais produtos Jaguar. O modelo estará à venda nos primeiros meses de 2015.

Kia

Sorento – A terceira geração do SUV da Kia surge bem diferente, começando pela dianteira inspirada no protótipo Cross GT. Mais qualidade de construção e de materiais fazem parte da lista de encargos da marca coreana. O modelo terá como rivais o Nissan X-Trail e o Mitsubishi Outlander, mas a Kia quer desafiar os concorrentes Premium.

Land Rover

Discovery Sport – O novo modelo da linha Discovery, foi mostrado no início de setembro e estará à venda nos primeiros dias de 2015. Destaques são o novo sistema de multimídia, mais o já famoso airbag para pedestrs, colocado no capô.

Mazda

MX-5 – Já mostrado em todos os detalhes por AUTO&TÉCNICA, o novo MX-5 (o bom e velho Miata, conhecido dos brasileiros) terá sua apresentação mundial em Paris, com vendas iniciadas no meio do próximo ano. Tudo é novo no MX-5: plataforma, suspensões e mecânica foram desenvolvidos no conceito tecnológico SkyActiv. O MX-5 é 100 kg mais leve que o atual modelo e 10 cm mais curto.

Mercedes

Classe B – O renovado modelo, que chega em 2015, recebe um leve face lift no exterior e no interior, exibindo pela primeira vez a versão elétrica desenvolvida em colaboração com a Tesla. O Classe B terá apenas motores de quatro cilindros.

C63 AMG – Demorou, mas em Paris a marca alemã vai mostrar o primeiro de quatro modelos C63 AMG. O primeiro a ser lançado será a wagon, seguindo-se do sedã, cupê e cabriolet, já em 2016. O motor será o 4.0V8 de 486 ou 590 cv.

S500 – O modelo híbrido oferece modo elétrico com 32 km de autonomia. O “coração” do S500 é um conjunto de motor a gasolina e motor elétrico, garantindo a Mercedes aceleração de zero a 100 km/h em 5,2 segundos e consumo médio homologado de 35,4 km/litro.

AMG GT – O sucessor do SLS AMG e rival do Porsche 911 será mostrado ao mundo em Paris, depois de ter sido apresentado nas instalações da AMG em Affalterbach. Cupê baixo e longo, está equipado com o 4.0V8 biturbo de 460 ou 505 cv (este no AMG GT S).

Mitsubishi

Outlander PHEV Concept-S – Este conceito apresentará o remodelado Outlander, equipado com o eficiente sistema híbrido PlugIn da marca. O estilo é inspirado nos concepts XR-PHEV e GC-PHEV.

Opel

Corsa – O novo Corsa será a grande atração da marca alemã que pertence à GM. Estará à venda ainda em outubro, apontando suas armas para o Ford Fiesta e ao VW Polo. Melhorou a qualidade, comportamento, equipamentos e tem motor 1.0 Ecotec turbo com injeção direta e 115 cv. Além deste motor, o Corsa terá o 1.3 CDTi revisto, com 95 cv e consumo de 31 km/litro.

Adam S – Depois do Rocks, chega a vez da versão mais esportivo do urbano da Opel, equipado com motor 1.4 de 150 cv. Com este motor, o Adam S faz de zero a 100 km/h em 8,5 segundos. Destaca-se, ainda, a suspensão com calibragem específica e os freios desenvolvidos pelo Opel Performance Center, o conhecido OPC.

Insígnia 2.0 CDTi – O modelo de top de linha da Opel receberá o novo motor 2.0 CDTi com 170 cv que, desta forma, deixa ainda mais competitivo o modelo de sucesso da marca.

Peugeot

208 Hybrid Air – O modelo está baseado no 2008 Hybrid Air concept, que a Peugeot mostrou no princípio do ano. A tecnologia é a mesma, tendo como base o motor 1.2 Puretech 82 do 208 e o sistema híbrido a ar.

308 GT – A primeira versão esportiva do 308 estará disponível em versões sed~~a e wagon, e estará à venda logo depois do Salão de Paris. O motor é o 1.6 turbo com 205 cv.

Exalt – O concept original foi mostrado no Salão de Pequim e deixou clara a visão da Peugeot de um esportivo híbrido que pode chegar a ser produzido em breve. Para Paris, o Exalt recebeu nova carroceria com materiais exóticos, incluindo interior feito de material reciclado a partir de jornais.

Quartz – Com desenho radical, deixa pistas para o futuro. Com motorização híbrida, o Quartz é a visão da marca francesa para um SUV. O conceito estará equipado com o motor 1.6 THP de 270 cv e dois motores elétricos, o que levará a potência combinada para os 495 cv.

Porsche

Cayenne – O SUV da Porsche recebeu outra remodelação, colocando-o mais próximo do desenho do Macan. Uma nova versão híbrida com 415 cv junta-se à linha, enquanto os demais motores foram revistos para melhorar a eficiência no consumos e emissões.

Renault

Eolab – Respondendo ao desafio de criar um carro para produzir em 2020 com consumo de 50 km/litro, a Renault criou o Eolab, que a marca garante ser capaz de fazer 100 km/litro. O conceito antecipa o próximo utilitário esportivo da marca, que chegará ao mercado na próxima década.

Espace – A Renault reinventou o Espace, mas o “pai” do segmento dos monovolumes mudou: não é mais uma minivan, e sim um SUV pequeno mas top de linha. O estilo é inspirado no Initiale Paris, concept apresentado este ano, e promete interior espaçoso, com materiais de qualidade e muita luminosidade.

Skoda

Fabia – O novo compacto da Skoda chegará às ruas nos primeiros dias de 2015. Destaque para o estilo e capacidade do porta-malas: 330 litros, o maior do segmento. A base é a mesma do VW Polo.

Smart

ForTwo e ForFour – Para brigar no mesmo segmento do Renault Twingo (compartilha com este a plataforma e mecânica), Toyota Aygo, Citroën C1 e Peugeot 108 -todos ilustres desconhecidos por aqui- os novos Smart são o renascimento da marca da Mercedes. É uma tentativa de, finalmente, fazer a Smart dar algum lucro.

SsangYong

X100 – A marca coreana tem atuação disvretíssima no Brasil, mas continua o seu trabalho de renascimento em outros mercados, depois de enfrentar a falência. Surge em Paris com  os X100 XIV-Air e X100 XIV Adventure. Ambos são uma antecipação do que a SsangYong imagina como rival para o Nissan Juke. O novo modelo, que ainda não tem nome, ficará, na linha da marca coreana, abaixo do Korando.

Suzuki

Vitara – Este modelo recupera um nome importante na Suzuki. Será concorrente do Nissan Juke, Opel Mokka e Ford EcoSport. Apesar de se chamar Vitara, não é propriamente um SUV, mas sim o substituto do SX4 (que tinha como base o descontinuado Fiat Sedici) mas oferecerá traçao integral com sistema AllGrip. Os motores são os mesmos do SX4 S-Cross.

Toyota

C-HR – Ainda não foi adiantada nenhuma foto, mas o conceito que a Toyota vai apresentar em Paris será a versão SUV do Auris –o que explica os Auri altos que rodaram em Nurburgring– que poderá tomar o lugar do RAV4 quando for colocado à venda em 2017. Poderá receber o nome Auris Cross.

Volkswagen

Polo GTI – Estará à venda em outubro na Europa e não passa de uma atualização do modelo existente, recebendo novo motor 1.8 TSI de 190 cv e a opção de uma caixa e câmbio manual de seis velocidades. A aceleração de zero a 100 km/h é feita em 6,7 segundos e a velocidade máxima de 236 km/h.

Passat – A oitava geração do Passat teve novo salto em termos de qualidade, com a marca focando nos rivais da Mercedes, Audi e BMW. A nova linha começa com sdã e wagon; a terceira geração do CC aparecerá em 2015. O novo Passat estará à venda ainda este ano, incluindo em seguida uma versão Alltrack.

Passat GTE – Capaz de consumo de 50 km/litro, este é o terceiro elemento de uma linha de modelos híbridos da VW, que conta com o XL1 e com o Golf GTE.

Golf Alltrack – Feito com base no Golf wagon, é o segundo modelo da linha Alltrack, depois do Passat. Oferece altura do solo maior, kit de carroceria com proteção para rodar no fora de estrada, tração integral 4Motion e três opções de motores de quatro cilindros, um a gasolina e os outros dois a diesel.

Volvo

XC90 – O recém lançado sueco será lançado mundialmente no Salão de Paris, depois da versão vendida apenas na Internet ter se esgotado em poucas horas. O XC90 terá apenas motores de quatro cilindros de uma nova linha; um híbrido também fará parte da linha.

images


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español