Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Ônibus da Ferrari, ex-Schumacher e Barrichello, pode ser seu

Compartilhe!

Juntar numa mesma frase as palavras “leilão” e “Ferrari” quase sempre é sinônimo de automóveis clássicos vendidos por milhões de dólares. Afinal, os “Cavallino Rampante” são os modelos que mais enchem os olhos dos colecionadores, investidores e especuladores.

Mas o que AUTO&TÉCNICA traz hoje é algo completamente diferente. Também é uma Ferrari (bem, mais ou menos…) e também vai a leilão, mas não é um clássico nem muito menos será vendido por milhões.

 

 

Trata-se do ônibus Iveco, transformado em um luxuoso “motor home” para ser usado pela Scuderia Ferrari entre 2001 e 2005, por Michael Schumacher e Rubens Barrichello.

Nos tempos em que pertenceu à equipe, este Iveco -que conta com um enorme motor diesel de 380 cv acoplado a uma caixa de câmbio de oito velocidades e suspensão pneumática- tinha um interior dividido em duas zonas distintas (uma para cada piloto) e contava com mesas de massagens para as recuperações pós treinos e corridas. Isto além de um telefone de via satélite e conexão com internet.

O segundo dono fez diversas mudanças e transformou o ônibus num verdadeiro hotel de luxo sobre rodas. Desde a cama de casal até o banheiro com pia  em cerâmica, passando por uma sala de estar com dois enormes sofás, TV, cozinha totalmente equipada e sistema de som da Bose, este “busão” tem de tudo. Há ainda um gerador diesel de 220 volts a bordo e todo o sistema elétrico foi melhorado.
 
 

Só isto era suficiente para convencer qualquer fã da Ferrari a pagar os cerca de US$ 180 mil que a leiloeira responsável pela venda, a Bonhams, estima que este ônibus alcance, mas ainda há mais e garantimos ter deixado o melhor para o fim. Quem levar este ônibus para casa leva também um certificado de autenticidade assinado por Stefano Domenicali, o chefão da equipe de F-1 da Ferrari na época (atual chefão da Lamborghini), atestando que este ônibus é mesmo o “que diz ser”!  

O leilão deste modelo, que soma apenas 90 mil km rodados, está marcado para o próximo dia 8 de fevereiro, em Paris.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *