Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Opel: Corsa elétrico chega em dois anos

Compartilhe!

O Corsa elétrico é a alternativa que a PSA encontrou para contornar o não lançamento no mercado europeu do Ampera-e, a versão Opel do Chevrolet Bolt.

A PSA, que no ano passado adquiriu o controle da Opel/Vauxhall -que eram da General Motors- desistiu do Ampera-e, projeto da GM, por considerar que ele não teria viabilidade econômica. A substituição do Ampera-e pelo novo Corsa elétrico tem a vantagem adicional de livrar a PSA do pagamento de direito pela utilização da tecnologia elétrica que a GM desenvolveu para o Bolt.

O Ampera-e chegou a ser lançado no ano passado em alguns mercados europeus, como a Noruega, mas vendeu apenas 1981 unidades. A renovação do Corsa foi adiada para 2019, porque a PSA desistiu do modelo que estava sendo preparado pela GM, optando por um novo, que já utilizará as plataformas, motores e transmissões do Grupo Peugeot-Citroën. A decisão permitirá grande economia de custos de desenvolvimento e industriais, alinhados com os planos do chefão da PSA, Carlos Tavares.

A plataforma do Corsa será bastante flexível, admitindo motores convencionais de combustão, bem como sistemas de propulsão híbridos ou elétricos puros.

Tal como os restantes modelos da próxima geração Corsa, a versão elétrica também será produzida na fábrica espanhola da Opel, depois de os sindicatos terem concordado em flexibilizar as suas condições de trabalho e reduzir custos, ajustando os padrões pelos mesmos das outras unidades do grupo PSA na região.

A Espanha passará a ser o único centro de produção do Corsa, o best-seller da Opel, com vendas de 231 mil unidades em 2017. O modelo atual já é montado em Saragoça, mas também é produzido na Alemanha.

A partir de 2019, com o início da produção do novo Corsa em Saragoça, a produção do SUV Mokka X será transferida desta unidade espanhola para Eisenach

O plano PACE de reestruturação da Opel, preparado pela PSA, prevê que até 2024 todos os modelos da marca tenham versões eletrificadas, com as versões elétricas puras e híbridas plug-in coexistindo com as de motores de combustão. Até 2020, além do Corsa, a Opel lançará quatro modelos eletrificados, entre os quais uma versão híbrida do SUV Grandland X.

 

Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español