Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

OPEL VAI ESTREAR MOTOR 1.0 TURBO DE TRÊS CILINDROS

Compartilhe!

O Adam foi o modelo escolhido pela Opel para estrear o primeiro motor da nova geração de propulsores da marca alemã, no programa SGE (Small Gasoline Engines), de pequenos motores a gasolina.

adam
Adam será o primeiro a usar o novo motor.

O motor é 1.0 com três cilindros, injeção direta e turbo. Sofisticado, tem 115 cv de potência máxima e 16 mkgf de torque máximo entre 1800 e 4700 rpm, valores muito bons para um motor tão pequeno: são 115 cv/litro de potência específica. Este moor é o primeiro de uma linha de novos motores que a Opel criou no programa SGE, e que dará origem a outros, de três e quatro cilindros, com cilindrada de até 1.600 cm3.

adam1
Tendência atual: motores de três cilindros.

Pequena obra de arte, este bloco de três cilindros é feito de alumínio, usa injeção direta, variação contínua do tempo de abertura das válvulas, sobrealimentação e tem um eixo de equilíbrio montado no cárter. Para diminuir o ruído típico dos motores de três cilindros, a cobertura foi desenhada especialmente para isso, a admissão foi trabalhada e o próprio turbo foi redesenhado para ajudar a reduzir o barulho. O virabrequim recebeu apoios especiais.

Novo câmbio pesa apenas 37 kg.
Novo câmbio pesa apenas 37 kg.

A Opel garante para o 1.0 SIDI consumo 20% inferior ao motor 1.6 a gasolina atualmente disponível na linha Astra, o que significa um consumo de 18 km/litro e emissões de CO2 abaixo das 100 g/km. Sobre este novo motor 1.0 SIDI, Matthias Alt, engenheiro responsável pelo programa Opel SGE, explicou que “desenvolvendo este pequeno motor, não só conseguimos minimizar muito o consumo de combustível e as emissões de CO2, mas também conseguimos demonstrar que os blocos de três cilindros podem ser tão ou mais refinados que os de quatro ou mais”.

O motor 1.0 SIDI terá a companhia de uma nova caixa de câmbio manual de seis velocidades, concebida especificamente para motores com torque até 22 mkgf. Com um peso de apenas 37 kgs, esta nova caixa promete melhor qualidade de engrenamento, com curso mais curto e melhor precisão. A utilização de engrenagens com desenho assimétrico e sincronizadores de triplo cone para a 1ª e 2ª velocidades e duplo cone para 3ª e 4ª velocidades, bem como a sincronização da marcha-ré é que permitem esse refinamento.

Como esta será uma caixa usada em todos os motores do programa SGE, a Opel criou um total de 12 conjuntos diferentes de eixos com relações diferentes, mais sete relações finais, que se ajustam perfeitamente às características de cada motor.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español