Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

OS TRÊS CARROS MAIS BARATOS DO MUNDO

Compartilhe!

É comum encontrarmos listas sobre os “10 carros mais caros do mundo”, ou os “10 mais velozes” ou os “10 mais luxuosos”, mas raramente ouvimos falar dos carros mais baratos do planeta. Pois eles existem, estão no mercado e atendem aquela faixa de público que não se preocupa com eletrônica, bancos de couro ou performances de tirar o fôlego. É apenas um meio de transporte.

Os três carros mais baratos do mundo, vendidos durante o ano passado, são os indianos Tata Nano e Maruti Suzuki 800, e o chinês Chery QQ, este último comercializado no Brasil. Confira estes três veículos, que fazem sucesso pelo preço baixo, e não por outros atributos. Quer ter saudades do Fusca? Então ande em um deles…

1º) TATA NANO

Este é o campeão dos preços baixos, e até tem desenho interesante. Mas para por aí e leva mais de 30 segundos para ir de zero a 100 km/h. O Nano é fabricado pela indiana Tata Motors. Antes mesmo do seu lançamento, foi muito comentado, pela promessa de custar menos de US$ 2.500, uma bagatela. Seu lançamento oficial foi em 10 de jhaneiro de 2008, mas só foi colocado à venda em 23 de março de 2009.

O lançamento de um veículo nesta faixa de preço recebeu críticas de algumas áreas, preocupadas com que a massificação desse tipo de veículo piore os níveis de emissão de gases poluentes e o trânsito das cidades. Tem motor de dois cilindros, 623 cm3, 33 cv de potência máxima e 4,8 mkgf de torque máximo. Chega aos 110 km/litro e faz 22 km/litro de gasolina.

Hoje, o Tata Nano custa cerca de US$ 2 mil e, pior, Eike Batista está em negociações com a Tata para vender ou mesmo fabricar o modelo no Brasil. Uma idéia era vendê-lo aqui a R$ 9 mil.

2º) CHERY QQ

Pequeno, econômico e… chinês! E custa em torno de US$ 4.800. O polêmico QQ é produzido pela Chery desde 2003. O carro foi lançado no Brasil em abril de 2011, tornando-se por algum tempo o modelo mais barato do País. No mercado brasileiro, tem como principal concorrente o também chinês JAC J3. No mercado europeu custa cerca de 5.000 Euro, brigando com o Renault/Dacia Logan pelo título de carro mais barato do Velho Continente.

O Chery QQ se tornou o centro de uma polêmica relativa a direitos de propriedade intelectual. A General Motors afirmou –com razão- que o carro era cópia do Daewoo Matiz (comercializado fora da Coréia do Sul como Chevrolet Spark). Os engenheiros da GM observaram, por exemplo, que as portas do QQ e do Spark podem ser trocadas entre si, sem modificação. Ainda segundo a GM, ambos os carros possuem “carrocerias, desenhos e componentes fundamentais notavelmente idênticos”.

O QQ usa motor 1.1 de 16V, a gasolina, e gera 68 cv de potência máxima a 6.000 rpm, com torque de 9,17 mkgf. O carro tem tração dianteira e transmissão manual de cinco velocidades e a impressionante vocação de não andar em linha reta.

3º) MARUTI SUZUKI 800

O carro mais vendido da Índia é o Maruti 800, modelinho urbano fabricado pela Maruti Suzuki. É a versão rebatizada do velho Suzuki Alto. Mais de 2,5 milhões de Maruti 800 foram vendidos naquele país desde seu lançamento em 1983. O mesmo carro é comercializado no Paquistão como Suzuki Mehran, com carburador ainda.

Faz de zero a 100 km/h em 21 segundos e chega aos 140 km/h. Muito bom para um carro de US$ 5 mil. Tem 793 cm3, 45 cv, faz 23 km/litro e usa rodas aro 12. Não existe a menor chance –felizmente- de desembarcar por aqui.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español