Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Peugeot 406 com 1 milhão de kms e que nunca abriu o motor? Sim, é possível

Compartilhe!

Nas mãos da mesma família francesa desde que saiu da concessionária, este Peugeot 406 acumulou, desde 2002, a marca de 1.000.000 de kms e até chegou a trabalhar como táxi.

Peugeot 406

Como que disposto a comprovar a fama de confiabilidade atribuída aos Peugeot de antigamente, este Peugeot 406 é hoje o mais recente membro do “clube dos automóveis com mais de 1.000.000 de kms”.

Equipado com um motor 2.0 HDi de 110 cv e 25 mkgf, este Peugeot 406 2002 foi usado como táxi até 2016 e, ao longo de toda a sua vida, só teve dois proprietários: Etienne Billy e Elie Billy, pai e filho, que ao longo de 18 anos levaram o sedã da Peugeot a percorrer um milhão de quilômetros.

Segundo Elie, o Peugeot 406 alcançou esta impressionante quilometragem sem nunca ter trocado o turbo, a junta da cabeçote ou a caixa de câmbio, algo notável, principalmente quando nos lembramos que o 406 trabalhou como táxi durante 14 anos.

À primeira vista a passagem do tempo também foi tranquila para este Peugeot 406 e, verdade seja dita, se não fosse o odômetro, dificilmente diríamos que este tinha percorrido tamanha quilometragem, tal o seu bom estado de conservação.

Curiosamente, por falar em odômetro, a marca de um milhão de quilômetros não ficou registrada. Tudo porque o odômetro está limitado a 999.999 km, algo que aconteceu recentemente com um Hyundai Elantra que percorreu um milhão de milhas (cerca de 1,6 milhões de km) em apenas cinco anos.

Peugeot 406

Ao alcançar esta impressionante marca, este Peugeot 406 junta-se a um grupo do qual já fazem partes modelos como um Tesla Model S, vários Mercedes-Benz, um Hyundai Elantra e, claro, o Volvo P1800, o carro com maior quilometragem do mundo, com cerca de 5.000.000 de kms.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *