PEUGEOT 508 CHEGA POR R$ 119.900

Compartilhe!

 

A Peugeot lançou no Brasil o sedã de luxo 508, top de linha da marca francesa, que chega ao mercado por exagerados R$ 119,9 mil. A questão é que, por este preço, vai ter que encarar concorrentes de mais peso e tradição no segmento, como o renovado VW Passat 2.0 Turbo (R$ 122.450), Mercedes-Benz C180 (R$ 134.900) e o Hyundai Azera (R$ 114.924), entre outros. A aposta da marca é na ampla lista de equipamentos pra seduzir compradores. A Peugeot espera vender 200 unidades até o fim do ano, ou seja, de 30 a 40 por mês.

 A lista de acessórios e equipamentos é realmente grande. O 508 vem com head up display colorido, numa pequena tela que exibe na altura do pára-brisa informações de velocidade e do GPS. Tem ainda park-assist, que auxilia na hora de estacionar ao indicar se a vaga têm espaço suficiente para o carro; sistema Open & Go, que destrava as portas e permite acionar a ignição sem usar a chave; central multimídia com GPS; ar-condicionado de quatro zonas; teto-solar; freio elétrico de estacionamento automático (trava com o carro parado e destrava ao tocar o acelerador); faróis de duplo xenônio adaptativos e ajustes elétricos nos bancos, entre outros.

São recursos interessantes, mas dentro do que se espera de um carro desse valor. O motor é 1.6 turbo, o que soa estranho num modelo de luxo. Foi desenvolvido em parceria com a BMW, e tem comando de válvulas variável, atingindo os 165 cv de potência máxima a 6.000 rpm e bons 24,5 kgfm de torque máximo, disponíveis já a 1.400 rpm.

O câmbio é automático de seis marchas. As trocas podem ser feitas também pelas “borboletas” junto ao volante. Segundo a marca, as suspensões foram recalibradas para o Brasil.

O conunto mecânico parece entusiasmante, mas o desenho não é e beira o conservador. Nada de surpreender, como os concorrentes coreanos. Com a crise que está enfrentando na Europa e a queda de vendas no Brasil, a Peugeot não pode se dar ao luxo de arriscar, e por isso o 508 não consegue causar maior impacto no seu segmento. Pelo menos em termos de estilo.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español