Peugeot desenvolve bondes na França

Compartilhe!

A Peugeot Design Lab e o departamento de Design & Styling da Alstom Transport desenvolveram a próxima geração de bondes elétricos para a comunidade urbana de Strasbourg, na França.

1856_0_thumb

Trata-se de um conceito inovador sobre esse tipo de transporte, comum na Europa. e que apresenta “uma consistência de identidade e um salto de geração ao nível do design”, explica o comunicado das empresas. No Brasil os bondes foram banidos há tempos e, em São Paulo, por exemplo, o último bonde circulou no dia 27 de março de 1968. Dizem que essa morte prematura aconteceu para atender o interesse de empresas fabricantes de ônibus…

O acordo assinado com a Compagnie des Transports Strasbourgeois (CTS) prevê a entrega de 50 bondes elétricos urbanos Citadis, dos quais 12 –num investimento que ronda os US$ 60 milhões– deverão entrar em funcionamento no final de 2016. Com  um visual geral “agradável”, as linhas “sublinham um bonde fluído e ágil”, com “um conjunto de linhas e curvas de tensão sutil, para um design moderno e contemporâneo”.

“Era importante definir uma estratégia de desenho com vista à criação de um novo produto capaz de coexistir lado a lado com as duas primeiras gerações de bondes urbanos (…); em conjunto, procuramos códigos visuais e qualitativos identificando o design específico do novo bonde urbano de Strasburg”, disse Xavier Allard, responsável da Alstom Transport. A Alstom é a mesma empresa envolvida no escândalo do Metrô, em São Paullo, SP, envolvendo politicos do PSDB.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español