Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

PEUGEOT REDUZ PRODUÇÃO DO 208

Compartilhe!

As contas não batem, e a previsão iniciail e as atuais para as vendas do 208 na Europa mostra que a Peugeot terá que reduzir a produção do modelo em cerca de 35 mil unidades, o que significa diminuir a fabricação por hora do 208 de 52 para 35 unidades.

Os sindicatos franceses revelaram que os turno noturno da unidade de produção de Poissy será eliminado no final de novembro e a Peugeot prepara-se para eliminar 850 postos de trabalho temporário até ao final do ano.

Do lado da Peugeot, claro, nenhuma confirmação, apenas o reforço da convicção da marca em alcançar 10% do segmento dos utilitários na Europa até final do próximo ano, reconhecendo, porém, que os volumes de vendas serão bem inferiores que os projetados no início do ano.

A Peugeot tinha como previsão, vendas de 550 mil unidades do 208 em todo o mundo, 420 mil delas na Europa em 2013, enquanto que este ano as vendas seriam de 175 mil carros. Mas a crise atrapalhou os planos dos franceses. Segundo analistas, o 208 foi atingido de forma violenta pela crise financeira “devido a um mercado europeu fraco, que será ainda mais débil no segundo semestre do que o previsto no início do ano. Infelizmente, o 208 foi lançado num momento em que o mercado está demasiado fraco, o que atingiu as vendas do modelo”.

Essa crise fará com que o grupo PSA feche a unidade de produção de Aulnay e vai reduzir a força de trabalho devido às grande quedas nas vendas. Observando os números da JATO Dynamics, a Peugeot vendeu, desde o lançamento do 208 em abril até agosto, 74.487 unidades. Em agosto, o 208 foi o terceiro carro mais vendido na Europa, atrás do VW Golf e do VW Polo.

Quanto ao mercado na Europa, as vendas cairam no mesmo período 13,4%, indo para para 1,03 milhões de unidades. No caso da Peugeot, o recuo é de 14,5%, o que corresponde à venda de 551.379 unidades.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español