Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

“Pode isso, Arnaldo?”: Hot rod Ford 32 com motor biturbo Ferrari

Compartilhe!

Ford e Ferrari já tiveram um longo namoro nos anos 1960, mas que não acabou em casamento. Até hoje são marcas que não se combinam, com propostas totalmente diferentes. Tão diferentes que soa estranho um hot rod com Ford de 1932 com a mais improvável das adaptações mecânicas: um motor V8 Ferrari.

Tudo começa da forma mais clássica, recorrer a um Ford 1932 como base, mas o motor não poderia ser mais inusitado. Continua sendo V8, mas em vez de um big block “Made in USA”, este Ford recebeu um V8 Ferrari.

 

O pequeno motor, de apenas 3.0 litros de capacidade —coisa pouca, considerando os padrões locais— veio de algum modelo Ferrari não especificado de 1989. Mas o motor não ficou imune, principalmente quando sabemos que a potência estimada é de 950 cv e é capaz de girar a 8500 rpm. Para conseguir números desta ordem de grandeza, foram adicionados ao V8 italiano dois turbocompressores da Turbonetics, que podem ser vistos acima dos faróis dianteiros.

Para manter tudo na temperatura certa, a frente exibe intercoolers da Mishimoto instalados no lugar do radiador, e um radiador em alumínio de grande capacidade montado na traseira. Como correto hot rod que é, tudo é transmitido apenas para rodas traseiras, por meio de uma caixa de câmbio manual Tremec de seis velocidades, com embreagem especial de competição.

A carroçaria pode até recordar um automóvel da década de 1930, mas o chassi é definitivamente contemporâneo. A suspensão traseira é independente, com amortecedores de competição da KW nas quatro rodas, com rodas de 18 polegadas que mal escondem discos de freio de 15 polegadas e pinças de quatro pistões.

No interior, mimos como bancos especiais, cintos de cinco pontos, vidros elétricos e, claro, uma “gaiola” de proteção. Os instrumentos são da marca Dakota Digital.

Para completar a estranho união, a cor é -lógico- vermelha (Red Vintage Flatz) e as rodas de cinco raios são desenhadas por Alan Lee. Os pneus são slick, da Achilles Race Tires. E como dá para reparar, o “cavallino rampante” está por toda parte neste Ford hot rod.

Este impressionante projeto já tinha passado pelo SEMA e agora encontra-se à venda. A MP Classics World, situada em Los Angeles, Califórnia, pede a módica quantia de US$ 250 mil por esta maravilha. Um preço elevado, mas justo.

 E voce aí gastando tempo e dinheiro em velhos motores Opala seis cilindros…


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español