Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

PREJUÍZO: BUGATTI PERDE US$ 6,2 MILHÕES EM CADA VENDA

Compartilhe!

bugatti-veyron-in-yard,1440x900,49359
Em cada Veyron vendida, VW perde uma fortuna: US$ 6,2 milhões.

Isso pode soar estranho, mas é a pura realidade. Existem carros que dão lucros aos fabricantes, e existem outros que dão prejuízos. E existem vários que representam prejuízos milionários. O Bugatti Veyron é o modelo que mais prejuízo dá a um fabricante de automóveis. Em cada exemplar vendido, a Bugatti -que pertence à Volksweagen- perde absurdos US$ 6,2 milhões. A conclusão é de um estudo realizado pela “Bernstein Research”, que aponta quais são os modelos que mais prejuízo deram aos fabricantes.

Tudo é uma grande surpresa. O superesportivo da Bugatti, lançado em 2005 e que ainda está em produção, lidera a lista. Os elevados custos de desenvolvimento, a remodelação da fábrica da Bugatti, e os materiais utilizados no carro são as principais razões para estes números tão negativos.

original
Quase US$ 40 mil perdidos em cada VW Phaeton vendido.

Outro dos modelos em destaque é o Volkswagen Phaeton. O top de gama da Volkswagen teve 72 mil unidades produzidas entre 2001 e 2012, mas também perdas de US$ 38,2 mil por cada unidade. No total, a marca alemã perdeu estonteantes US$ 2 bilhões com seu carro mais caro.

O Peugeot 1007 deu um prejuízo de US$ 20,8 mil por unidade, o dobro do que a Audi perdeu com cada exemplar do A2, o monovolume compacto que a marca alemã produziu durante cinco anos sem sucesso. O Jaguar X-Type (US$ 6,3 mil de prejuízo por unidade), a atual geração do Renault Laguna (US$ 4,8 mil por unidade) e o Fiat Stilo (US$ 3,7 mil) são alguns dos modelos que completam a lista.

E por qual razão esses carros são produzidos? Primeiro, porque não dá para prever com certeza se o carro vai ser um sucesso de vendas ou não. Segundo, em alguns casos o carro é usado como imagem, pura publicidade da marca. Então, não seria estranho se alguma montadora fizesse uma espécie de “publicidade reversa”, ou seja, propaganda implorando para você NÃO comprar nenhum de seus carros.

Confira abaixo as listas dos modelos que deram maior prejuízo, no total e por unidade.

PREJUÍZO TOTAL

1997 até 2006: Smart Fortwo – US$ 4,5 bilhões

2001 até 2009: Fiat Stilo – US$ 2,8 bilhões

2001: Volkswagen Phaeton – US$ 2,7 bilhões

2004 até 2009: Peugeot 1007 – US$ 2,7 bilhões

1997 até 2004: Mercedes Classe A – US$ 2,3 bilhões

2005 até 2013: Bugatti Veyron – US$ 6,2 bilhões

2001 até 2009: Jaguar X-Type – US$ 2,3 bilhões

2007 até 2013: Renault Laguna – US$ 2,1 bilhões

2000 até 2005: Audi A2 – US$ 1,8 bilhões

2001 até 2009: Renault Vel Satis – US$ 1,6 bilhões

PREJUÍZO POR UNIDADE VENDIDA

2005 até 2013: Bugatti Veyron – US$ 6,2 milhões

2001 até 2012: Volkswagen Phaeton – US$ 38,1 mil

2001 até 2009: Renault Vel Satis – US$ 25 mil

2004 até 2009: Peugeot 1007 – US$ 20,8 mil

2000 até 2005: Audi A2 – US$ 10,2 mil

2001 até 2009: Jaguar X-Type – US$ 6,3 mil

1997 até 2006: Smart Fortwo – US$ 6,1 mil

2007 até 2013: Renault Laguna – US$ 4,8 mil

2001 até 2009: Fiat Stilo – US$ 3,7 mil

1997 até 2004: Mercedes Classe A – US$ 1,9 mil


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español