Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Presente de Natal perfeito: esta Lancia Stratos

Compartilhe!

A Lancia Stratos continua a ser um carro dos sonhos, um dos mais belos automóveis de todos os tempos. Das quase 500 produzidas para efeitos de homologação, a número 44 procura nova casa.

O Natal está chegando e junto com ele o presente perfeito, pelo menos para nós de AUTO&TÉCNICA. Seria definitivamente a forma mais justa e mais feliz de começar o ano: estar ao volante desta bela Lancia Stratos. Foi um carro especificamente concebido para brilhar vingar no campeonato mundial de rali, amealhando três campeonatos consecutivos 1974, 1975 e 1976— produzida em quase 500 unidades para efeitos de homologação.

Pouco mais de 40 anos depois, a Lancia Stratos continua parecendo um alienígena entre os automóveis da época. O seu desenho futurista bem que podia ser lançado hoje, que ninguém desconfiaria que já tem quatro décadas em de vida.

 

O motor não poderia vir de uma empresa mais nobre: trata-se de um V6 da Ferrari, configuração pouco usual na marca. Concebido originalmente para equipar o Dino, foi usado não só na Stratos, como também nos Fiat Dino Coupé e Spider.

Na Lancia Stratos, encontramos a maior versão do motor, com 2400 cm3 e 190 cv, colocado em posição central traseira. Parece pouco, mas consideremos que pesava apenas 980 kg. Os 190 cv chegavam às rodas traseiras por meio de uma caixa de câmbio manual de cinco velocidades.

A número 44

Esta unidade que está sendo vendida é a de número 44, com pouco mais de 71 mil km rodados e que só teve até agora apenas dois donos, com 40 anos da sua vida foram passados em Itália. O dono atual comprou o carro na Europa, levou para os Estados Unidos e efetuou um serviço exaustivo de revisão; agora esta Stratos está pronta a ser dirigida ou pilotada.

O carro encontra-se agora registrado nos Estados Unidos, no Texas, mas está munido de toda a documentação original, desde o manual do proprietário original aos papéis da importação, e até inclui um exemplar do livro de R.M. Clarke sobre tudo o que se precisa saber sobre esta máquina tão especial.

Construída nas instalações da Bertone em Grugliasco, Itália, em 25 de junho de 1974, recebeu o número de carroçaria 214, que pode ser verificado em diversos pontos da carroceria. A “44” vem na cor Rosso Arancio Rally, com tapetes vermelhos, bancos “Havana”, e painel/forros de porta/ costas dos bancos na cor preta. A montagem final ocorreu dia 1 de julho de 1974 e foi licenciada em 8 de julho, com a placama TORINO R05675.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español