Primeiro carro autônomo surgiu há 30 anos

Compartilhe!

É inevitável hoje, quando se fala em futuro do automóvel, que o assunto “condução autônoma” entre em pauta. Não dá para escapar disso, e em curto espaço de tempo os modelos autônomos estarão nas ruas (menos no Brasil claro). Mas o interessante é que a vontade de criar a condução autônoma não é recente, e já tem três décadas. Foi precisamente há 30 anos que foi lançado o NavLab 1, reconhecido como o primeiro veículo autônomo do mundo.

navlab-1-e1478607754761

No inicio da década de 1980, o Instituto de Robótica da Carnegie Mellon University  (Estados Unidos) desenvolveu uma série de modelos autônomos e semi-autônomos bastante avançados para a época. Na verdade, os sistemas usados naqueles tempos são em tudo iguais aos usamos hoje em dia. Mas menos evoluídos, claro.

O primeiro modelo –o Terregator- foi apresentado em 1983, e era um pequeno robô off road que usava uma combinação de lasers, radares e câmeras de vídeo para rodar sem intervenção humana; hoje recorremos à mesma tecnologia adicionando apenas a geolocalização por satélite. Este modelo abriu caminho para aquele que é descrito como o “primeiro veículo 100% autônomo do mundo a transportar pessoas a bordo”, o NavLab 1, que seria lançado três anos mais tarde.

Como se pode ver na foto, o NavLab 1 parecia mais uma carro de reportagem de TV do que um veículo autônomo, e na verdade não era mais do que um Chevrolet modificada. Por dentro, o NavLab 1 estava equipado com computadores e sensores de movimento e, devido às limitações de software, só no final dos anos 1980 é que o modelo se tornou completamente funcional.

Em modo 100% autônomo, a velocidade máxima era de pouco mais de 32 km/h, muito reduzida nos padrões atuais, mas que naquele tempo foi um considerado um sucesso


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español