PSA oferece a última sessão de fotos de Marilyn Monroe

Compartilhe!

Quem for a Paris entre 8 de junho deste ano e 6 de janeiro de 2018, não pode perder. A DS Automobiles -que faz parte da PSA- presta homenagem a Marilyn Monroe com uma exposição inédita no espaço DS WORLD PARIS: a última sessão fotográfica de Marilyn Monroe, imortalizada pela câmera do famoso fotógrafo Bert Stern, há 55 anos, um mês antes da morte da estonteante atriz.

São 59 as fotos selecionadas. O evento transportará os visitantes para o universo do glamour, do natural e da emoção, e não faltará um exemplar raro de um DS 21 Cabriolet US Export, de setembro de 1966.

“Esta exposição de Marilyn no DS WORLD PARIS é uma forma de manter vivo o mito de uma mulher excepcional, muito à frente do seu tempo. É, também, uma grande oportunidade de combinar a atemporalidade desta atriz tornada ícone com a vanguarda dos modelos atuais da linha DS. São modelos que não se parecem com nenhuns outros, fruto do seu estilo notável, do seu requinte em cada detalhe e da sua avançada tecnologia, carros que encarnam os valores de excelência e inovação vindos de outro ícone do século passado, o DS 19”, afirmou Julien Faux, chefão do DS WORLD PARIS.

Marilyn_Monroe_Scarf-with-red-X-The-Bert-Stern-TrustCourtesy-Staley-Wis...

A exposição destaca duas lendas do século XX, ambas adiante de seu tempo: por um lado, Marilyn, ícone cultural e símbolo sexual por excelência, mulher moderna e envolvente, que teve a particularidade de mudar a imagem da mulher na sociedade; de outro, os DS, a avant-garde do automóvel, descrito pelo filósofo Roland Barthes no seu livro “Mythologies” de (1957) como a “grande criação da época, concebidos com paixão por artistas desconhecidos, traduzidos na sua imagem, bem como na sua utilização, por todo um povo que vê nele um objeto perfeitamente mágico”.

Nascido em 1955, o DS ainda está na mente das pessoas, sendo um dos ícones da paisagem automotiva francesa do século XX. Hoje tornada marca , a DS tem como ambição encarnar no automóvel o estilo francês do luxo. Uma nova geração de modelos –DS 3, DS 3 Cabrio, DS 4, DS 4 Crossback, DS 5 e DS 7 Crossback– perpetuam os valores de excelência, inovação e charme de seu antecessor.

Ícone e símbolo sexual do século XX, Marilyn colocou-se diante dos maiores fotógrafos do seu tempo. Em 1962, contra todas as probabilidades, ela aceitou fazer uma sessão com Bert Stern para a revista Vogue. Ao longo de dois dias e uma noite, Marilyn posou, rendendo-se pela última vez, às lentes de um fotógrafo. Morreu poucas semanas depois.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *