Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

PSA PEUGEOT CITROËN: US$ 757 MILHÕES NA CONTA

Compartilhe!

Após cuidadosa análise da Comunidade Européia, foi aprovado o resgate do governo francês ao grupo PSA Peugeot Citroën, no valor de US$ 757 milhões. A decisão acabou de ser tomada e permite que o grupo PSA seja viabilizado, evitando assim a queda de um gigante do setor, o que iria provocar enormes dificuldades na França.

i

“Após uma profunda investigação, chegamos a uma fórmula que permite ao grupo PSA reestruturar-se de acordo com limites claros, reduzindo ao mínimo os efeitos nefastos na concorrência que não tenha recebido ajudas estatais. É uma decisão ponderada que permite ao grupo PSA a hipótese de recomeçar a partir de bases sólidas” declarou Joaquín Almunia, vice-presidente da comissão que cuidou do assunto.

No ano passado, o grupo PSA apresentou um plano de reestruturação que incluiu medidas drásticas, como o encerramento da fábrica de Aulnay e despedir mais de 11 mil pessoas em toda a sua organização.

A ajuda financeira será dividida em várias partes. Uma delas sera para implementar o projeto de pesquisa e desenvolvimento “50CO2Cars”, com foco na redução de consumo e emissões. Já o grupo PSA terá se comprometido com os custos de reestruturação, vendendo bens e participações não necessários para o negócio.

Esta ajuda será fundamental para que o grupo PSA consiga sobreviver na crise européia, embora as medidas tomadas ultimamente já comecem a oferecer resultados. A aliança com a General Motors/Opel veio contribuir para um efeito positivo nos resultados do grupo no primeiro semestre. Vendas fortes na China acabaram, também, por ajudar a fazer os resultados progredirem, apesar do mercado europeu estagnado.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español