Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Racha em Brasília: bebeu, bateu e destruiu sua Ferrari 550

Compartilhe!

ferrari-550-maranello-destrozado
Aos poucos o Brasil vai ganhando destaque como o país que -proporcionalmente- mais destrói Ferrari em todo o mundo. Agora é esta 550 Maranello, que foi dessa para melhor depois de bater num Gol no km 21 da rodovia BR 020, em Planaltina, DF.  O motorista da Ferrari pagou fiança de R$ 8 mil, estipulada pela Justiça, e foi liberado, de acordo com a Polícia Civil do DF.Na delegacia, o barbeiro -que segundo testemunhas participava de um racha-  se recusou a fazer o teste de dosagem alcoólica, porém o efeito do álcool foi constatado devido aos sinais evidentes de embriaguez, conforme relato e atestado por policiais rodoviários federais.

ferrari-550-marenello-10221

De acordo com testemunhas, o motorista da Ferrari estava participando de um racha com outros carros importados próximo ao posto Itiquira, quando atingiu um Gol. Três pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança. O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local socorrer as vítimas, que foram encaminhadas a um hospital próximo sem ferimentos graves. Apesar do acidente não ter causado vítimas fatais, os carros ficaram bastante danificados.

O delegado de plantão da 16ª Delegacia de Polícia, em Planaltina, onde a ocorrência foi registrada, informou que o motorista da Ferrari foi preso por embriaguez e lesão corporal culposa, embora as vítimas do outro carro tenham tido escoriações leves.

A Ferrari 550 Maranello é equipada com motor 5.5 V12 de 485 cv de potência a 7000 rpm, com torque de 57 mkgf. Acelera de zero a 100 km/h em 4 segundos e tem velocidade máxima de 320 km/h.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español