Restauração: Ferrari F40 pega fogo no primeiro passeio

Compartilhe!

Imagine o desgosto. Você junta todas as moedinhas possíveis, vende um rim no Ebay, penhora as jóias da sua mulher, hipoteca sua casa e compra uma Ferrari F40, aquela que é considerada o máximo dos máximos em termos de superesportivos. Sabendo que só foram feitas 1311 unidades do modelo, faz uma restauração minuciosa e, logo no primeiro passeio, o carro pega fogo. A tragédia aconteceu no Reino Unido.

1

Segundo as imagens publicadas nos sites especializados em carros da marca italiana, este exemplar tinha sido alvo de um profundo e longo processo de restauro, e logo na primeira viagem pós-restauração, aconteceu a desgraça. Pelas fotos sobrou um farol, um emblema e uma roda com pneu mais ou menos chamuscada.

2

As circunstâncias ainda estão sendo apuradas, mas tudo indica que o incêndio começou no compartimento do motor. Uma mangueira solta, uma braçadeira mal apertada e fim. O proprietário assistiu a tudo, sem nada poder fazer.

3

Fabricada entre 1987 e 1992, o F40 era capaz de ultrapassar os 325 km/h. Cada exemplar está avaliado em mais de US$ 1,2 milhões. Essa, das fotos, agora vale bem menos…


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español