Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

REVELADA ÚLTIMA ENTREVISTA DE AYRTON SENNA

Compartilhe!

imagesH6VAY4LQ

Quase 20 anos depois da sua morte, foi agora divulgada a última entrevista que Ayrton Senna deu em vida, na manhã daquele dia 1 de maio de 1994, horas antes de perder a vida no circuito de Ímola, em San Marino.

Senna participou com o seu companheiro de equipe na Williams, Damon Hill, de uma sessão de perguntas e respostas moderada por Richard West, diretor comercial da equipe. Devido aos trágicos acontecimentos que se seguiram, a entrevista nunca chegou a ser publicada. Aliás, West disse que até se esqueceu de que a tinha feito, até ter recebido uma fita de vídeo com a gravação, enviada por uma fonte anônima.

Agora, a imprensa europeia revela partes da conversa, com Senna focalizando, essencialmente, as questões de segurança. Bom lembrar que o austríaco Roland Ratzenberger tinha morrido na véspera, durante a sessão de treinos de classificação, e Rubens Barrichello estava no hospital, depois de um violento acidente nos treinos livres.

“O pitlane é muito estreito e lá circula muita gente. Vai ser muito, muito perigoso. Já falamos disso hoje e estamos pensando em pedir aos responsáveis da FIA para introduzirem um limite de velocidade no pitlane”, afirmou Senna. Apesar de acontecer no dia do GP de San Marino, a entrevista já tinha como objetivo o GP seguinte, em Mônaco.

Uma curiosidade macabra acontece em seguida, como pode ser visto no vídeo. Ayrton Senna autografou uma cópia do mapa do circuito, colocando a sua assinatura ao lado da curva Tamburello, a mesma onde bateu e perdeu a vida.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español