Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

REVISTA ITALIANA PEDE SAÍDA DE MASSA

Compartilhe!

Acabou a paciência. Felipe Massa parece estar mesmo com os días contados na Ferrari. A revista italiana Autosprint especializada em competição –a mais importante da Itália e uma das principais do mundo- não poupou o brasileiro de críticas após a desastrosa atuação da Ferrari no GP da Austrália. Em editorial, a revista fez pesadas críticas ao brasileiro, sugeriu sua demissão imediata e
pediu até que o veterano italiano Jarno Trulli, demitido da Caterham, seja contratado.

 Segundo Autosprint, “aquele piloto não existe mais desde agosto de 2009. Algo clicou dentro dele e desligou a luz do talento. A Ferrari já deu a ele muitas oportunidades, mas Maranello deve decidir rapidamente se quer desperdiçar outra temporada ou lutar pelo campeonato de construtores”. O incidente de agosto de 2009 a que se refere a publicação é o acidente de Felipe Massa na Hungria,
quando uma mola bateu em seu capacete.

A verdade é que o brasileiro nunca mais voltou a ser o mesmo. Além disso, cedeu de maneira vergonhosa uma vitória para Alonso por ordem da equipe (GP da Alemanha 2010) e em outra ocasião foi ultrapassado pelo espanhol de maneira patética na entrada do box (GP da China 2010). Seu contrato com a Ferrari vai até o fim do ano e, ou ele reage, ou seu futuro na Fórmula 1 está comprometido.

 No GP da Austrália, Massa teve problemas no treino de classificação, largou no 16º lugar e, na
corrida, vinha mal até chocar-se com Bruno Senna e abandonar a corrida.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español