Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

SALÃO DE PARIS: Aperta é a Ferrari LaFerrari conversível. E já esgotou…

Compartilhe!

A Ferrari desvendou no Salão de Paris, finalmente, o nome do seu LaFerrari conversível. Quem apostou no sobrenome Aperta, acertou. O modelo -que também terá por objetivo celebrar o 70º aniversário da marca de Maranello- manterá o motor V12 aspirado de 800 cv associado a motor elétrico de 163 cv, para chegar ao valor conjunto de potência de 963 cv. Ou seja, no quesito motorização nada muda, mas a Ferrari garante que foram efetuadas melhorias na eficiência dinâmica do carro.

LaFerrari_2

O desempenho, é claro, impressiona: aceleração de zero a 100 km/h em menos de 3 segundos e velocidade máxima superior a 350 km/h. Para chegar aos 200 km/h partindo da imobilidade, o LaFerrari Aperta precisa, apenas, de 7,1 segundos.

LaFerrari_Spider

Quanto ao teto removível, o LaFerrari terá, de série, uma capota de lona, havendo como opcional o teto de fibra de carbono. O chassi e a carroceria foram reforçados estruturalmente para não haver comprometimento por causa da remoção do teto fixo, mantendo os mesmos excelentes valores de rigidez torsional, bem como estilo muito semelhante, com os desenhistas da marca procurando manter ao máximo a fidelidade com a versão de teto rígido.

LaFerrari

Quanto à produção, será limitada e todos os exemplares programados estão já vendidos, de acordo com a Ferrari, comprovando desta forma o sucesso da versão conversível que ganhará o rótulo, muito rapidamente, de “carro de colecionador”. Colecionador milionário, claro.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español