Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

SEGURANÇA: cinco dicas e meia para enfrentar a chuva

Compartilhe!

Dá para dirigir na chuva com segurança? Sim, dá. Para isso, basta observar alguns cuidados. O Brasil, por ser um país tropical, é atingido quase que diariamente por chuvas, conforme a região, e nessas condições os acidentes se multiplicam.

Blurry car silhouette seen through snowy and wet windscreen

Quem anda diariamente pelas ruas e estradas sabe bem como é dirigir com chuva: aqueles percursos do dia-a-dia, que conhecemos tão bem no seco, ganham contornos dramáticos e perigosos que desconhecíamos. Por isso, cabe ao motorista dirigir defensivamente e ajustar a sua condução às condições molhadas.

A primeira regrinha é do “dobro-metade-triplo”, ou seja, o dobro de atenção, a metade da velocidade e o triplo de distância do carro da frente. Só aí 80% de seus problemas no molhado acabaram.

De acordo com um estudo desenvolvido pela Continental, mais de 90% dos motoristas ficam preocupados com a segurança quando as condições meteorológicas são adversas. Com o objetivo de alertar os motoristas para a direção ainda mais segura em tempo de chuva, a marca de pneus dá alguns conselhos:

Velocidade

O primeiro cuidado a ter em mente com chuva é reduzir a velocidade e adaptá-la às condições meteorológicas, o que ajuda os motoristas a estarem preparados para os eventuais imprevistos. Manter a mesma velocidade de pista seca no caso de chuva é acidente na certa.

Luzes

Ligue as luzes do veículo, mesmo de dia ou se estiver chovendo com pouca intensidade. Isto ajuda a aumentar a visibilidade, tanto a sua como a dos demais veículos. Ver e ser visto é importante nesse caso.

Distância de segurança

Mantenha a distância de segurança do veículo da frente (equivalente ao espaço de pelo menos três carros). O piso molhado faz com que a distância de frenagem chegue a triplicar. Sempre que possível usa as reduções do câmbio para diminuir a velocidade do veículo.

Limpador de para-brisas

Certifique-se de que as palhetas do limpador de pára-brisas estão em boas condições e substitui-as se caso necessário. Peridocamente lave o vidro dianteiro com detergente, para remover resíduos de óleo e gordura.

Estado dos pneus

Como sabemos, os pneus são o único ponto de contato entre o veículo e o piso. E numa pequena área. Verificar regularmente o estado dos pneus quanto a desgastes e profundidade dos sulcos é recomendado, uma vez que esta é a garantia do escoamento otimizado da água entre o pneu e a superfície da  via, reduzindo assim o risco de aquaplanagem.

Se a profundidade dos sulcos dos pneus for inferior a 3mm, a distância de frenagem aumentará consideravelmente e o perigo de aquaplanagem será quatro vezes superior.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español