Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

VW GOLF VII NÃO É BARATO: COMEÇA EM R$ 68 MIL

Compartilhe!

DB2013AU00654

A crítica que se fazia à Volkswagen alemã quando o assunto era Golf, era em relação a ela ser ser pouco ousada e, há dezenas de anos, mudar e praticamente deixar tudo na mesma. No caso das seis primeiras gerações do Golf até há alguma razão, mas nesta sétima geração o Golf volta a ser um carro evolucionário. Isso mesmo, evolucionário, e não revolucionário, e a evolução é tão marcante que esta nova geração do carro da VW ameaça os modelos Premium não só do seu segmento, mas também do segmento acima.

DB2013AU00655

O Golf está de volta ao mercado brasileiro, em sua sétima geração, disponível nas versões Highline 1.4 TSI com câmbio manual de seis marchas ou automático DSG de sete, e GTI 2.0 TSI (o carro branco das fotos) com câmbio automático DSG de seis velocidades. O carro tem maior espaço, novos sistemas de segurança, equipamentos inéditos para a categoria, novo sistema de direção progressiva e sistemas de informação e entretenimento reprojetados, com tela touch screen de série em todos os modelos. O carro está até 100 kg mais leve e 23% mais eficiente em consumo de combustível.

DB2013AU00656

Como dissemos, o Golf VII é uma evolução dos anteriores, mas com gritantes diferenças, a começar pelo uso da plataforma MQB, passando pelo desenho mais anguloso e terminando nos novos motores. Podíamos até criticar a falta de ousadia da Volkswagen para mudar o carro, mas um modelo que já vendeu 30 milhões de unidades desde 1974, está longe de ser uma receita fácil de mudar.

DESENHO

Poucos carros no mundo têm desenho que, como o do Golf, vem sendo refinado, alterado e aperfeiçoado ao longo das décadas e, dessa forma, se tornado clássico. Nesse processo, os desenhistas da Volkswagen deram contínuas interpretações às características do Golf.  Isso inclui as típicas colunas “C” largas, a linha de teto alongada, capô longo e traseira hatch.

Der neue Volkswagen Golf

Reduzir o peso de um carro em até 100 kg é uma tarefa complexa, sobretudo na categoria dos médios. Poucos fabricantes de automóveis estão buscando o caminho da economia de peso de forma tão intensa como a Volkswagen. Para economizar todo esse peso, a marca trabalhou em vários componentes.

Golf (1) (640x421)

O fato de o novo Golf ser baseado na plataforma MQB tem consequências de longo alcance: esse Golf foi completamente reprojetado em praticamente todas as áreas, como carroceria, interior, motores, todos os sistemas de informação e entretenimento e os numerosos sistemas de assistência ao motorista. Os elementos mantidos estão entre os itens técnicos mais importantes, como por exemplo, as transmissões automáticas DSG de dupla embreagem com seis ou sete marchas, que eram bem avançadas no Golf VI. De resto, tudo é novo.

MAIS ESPAÇO

A plataforma MQB oferece ao Golf o eixo traseiro multibraços e maior distância entre-eixos. A posição de condução é também melhor -lembremos que tudo na plataforma MQB é configurável em cinco módulos, exceto a distância entre o eixo da roda dianteira e o volante, que é fixa– pois a VW aumentou o número de regulagens de banco e volante.

DB2013AU00663

De imediato nota-se um ligeiro aumento no espaço interno, em especial para as pernas atrás. O Golf IV, último vendido no Brasil, não era propriamente acanhado, mas a VW conseguiu encontrar mais uns milímetros aqui e ali e, no final, o habitáculo fiou mais espaçoso. Também o porta-mala cresceu e agora tem 313 litros de capacidade.

Golf (2) (640x589)

Os pequenos aumentos no comprimento e largura, assim como a maior distância entre-eixos e as bitolas, têm reflexos perceptíveis no espaço interno da cabine, que cresceu 14 mm (1.750 mm). Os passageiros de trás têm agora 15 mm mais de espaço para as pernas, para os ombros mais 31 mm maior, e para os cotovelos, 22 mm.  O espaço para ombros e cotovelos também cresceu na traseira, aumentando 30 mm e 20 mm, respectivamente.

Golf (75) (640x427)

O espaço do novo Golf também mostra muitas outras melhorias. A capacidade do porta-malas, por exemplo, agora é de 313 litros. Detalhes bem cuidados: a soleira do porta-malas agora está a apenas 665 mm do solo (menos 17 mm), uma das menores alturas desse segmento. Paralelo, a largura máxima do porta-malas aumentou 228 mm, chegando a 1.272 mm. A Volkswagen também aumentou a largura da abertura do porta-malas para 1.023 mm (mais 47 mm).

DB2013AU00653

Com 4.255 mm de comprimento, o novo Golf é 56 mm mais longo que seu antecessor. A distância entre-eixos também foi aumentada em 59 mm, indo para 2.630 mm. Como as rodas dianteiras estão posicionadas 43 mm mais à frente, as novas dimensões permitem mais conforto e mais segurança. Simultaneamente, a carroceria ficou mais baixa e está com 1.468 mm de altura, mas mesmo assim o espaço para as cabeças no interior continua muito bom.

Golf_GTI (10) (640x427)

Por fora, a aerodinâmica também foi beneficiada pela redução na altura: a área frontal ficou 0,03 m² menor e o arrasto aerodinâmico foi reduzido em quase 10%. Ao mesmo tempo, o Golf VII ficou 13 mm mais largo, com 1.799 mm. As bitolas aumentaram 8 mm na frente e 6 mm na traseira. Esses milímetros a mais dão ao veículo melhor comportamento dinâmico.

BEM EQUIPADO

O Golf Highline é equipado de série com apoio lombar com dupla regulagem para o motorista e o passageiro da frente. O banco elétrico opcional, com 12 regulagens diferentes, proporciona ajuste mais apurado.

Golf_GTI (13) (640x338)

O novo Golf foi aperfeiçoado em todas as áreas em relação ao seu antecessor. Todos os Golfs da sétima geração vendidos no mundo serão equipados com sete airbags e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), tela touch screen, cobertura removível do compartimento de bagagem, ECO-HMI (gráficos e informações sobre consumo no display multifuncional do painel), sistema de freios multicolisões, freio de estacionamento eletromecânico com função Auto Hold, bloqueio eletrônico do diferencial XDS, monitoramento da pressão dos pneus e sistema Start/Stop.

DB2012AU00874

Difusor traseiro, vidros verdes com isolamento térmico, ar-condicionado digital com duas zonas de resfriamento, encosto traseiro rebatível, espelhos externos elétricos, indicador de temperatura externa, vidros elétricos, limpador do vidro traseiro com temporizador, coluna de direção com regulagens de altura e de profundidade, regulagem de altura no banco do motorista, travamento central com controle remoto, ajuste de altura e sistema de tensionamento dos cintos de segurança dianteiros, freios a disco nas quatro rodas e apoios de cabeça otimizados para máxima segurança, gavetas sob os bancos dianteiros e o novo sistema de rádio fazem parte do pacote de série.

Golf (5) (640x318)

E mais: luzes de leitura dianteiras e traseiras de LED, volante multifuncional, rodas de liga leve 6,5×16 com pneus 205/55, bancos revestidos com material exclusivo e apoio lombar na dianteira, banco traseiro com apoio de braços central e abertura para transportar objetos longos, comandos rotativos cromados para as luzes e ajuste dos espelhos externos, redes nos encostos dos bancos dianteiros e compartimento com tampa no teto, tomada de força com 12V adicional no porta-malas, espelho iluminado nos para-sóis, sensor de obstáculos dianteiro e traseiro, tapetes de tecido e volante e manopla  do câmbio de couro.

POR DENTRO

O interior do Golf VII deu um salto de qualidade. É fácil perceber a proximidade do projeto com o Passat. A VW não economiou para oferecer no Golf um “feeling” Premium, com os comandos mais suaves, volante de melhor pega e tela central. O resultado final é muito agradável e a sensação é de se estar num carro maior.

Golf (3)

O isolamento acústico do Golf tem destaque nessa evolução, sendo o motor quase impercetível, o mesmo se passando com os ruídos de rolamento; apenas o vento em velocidades mais elevadas é percetível. O conforto é tipicamente alemão, ou seja, bancos mais duros e firmes, mas sem incomodar.

Golf (15) (640x427)

O novo Golf tem de série para o mercado brasileiro um sistema semelhante ao da Audi, com quatro modos diferentes de comportamento -Eco, Sport, Normal e Individual- que altera as reações do carro.

Golf (14) (640x427)

Como se percebe, a VW quis mesmo oferecer uma opção séria e de qualidade, e os primeiros quilômetros rodados com o carro comprovam isso. Apesar do Golf continuar a não ser um daqueles carros particularmente “comunicativo” com o motorista –tudo é demasiado filtrado e controlado pela eletrônica– a verdade é que esses sistemas de auxílio ajudam a proporcionar um comportamento onde a direção fica mais direta e sensível e o som do motor muda no habitáculo, quase parecendo um esportivo.

QUATRO ESTILOS

O sistema de seleção do perfil de rodagem, é a ferramenta com a qual condutores podem escolher diferentes estilos de direção. São quatro modos disponíveis: Eco, Sport, Normal e Individual. No perfil de direção Eco, os gerenciamentos do motor, ar-condicionado e outros sistemas auxiliares são controlados para alcançar o máximo de eficiência no consumo de combustível. Além disso, nos veículos com câmbio automático DSG, quando utilizados no modo Eco, há uma função disponível: se o motorista tira o pé do acelerador ao se aproximar de um semáforo ou em uma descida, o DSG desacopla e o motor entra em marcha-lenta. Desde que o condutor dirija da forma correta, a energia cinética do Golf pode ser usada da forma ideal dessa maneira.

Golf (45) (640x427)

O modo de condução “Sport” permite maior aderência, com comportamento neutro onde o eixo dianteiro mantém o bom comportamento até o limite, e por isso a pilotagem acaba sendo mais divertida. No modo “Normal”, o Golf é calmo, estável, confortável e macio, ideal para a utilização… normal. E curiosamente, não se diferencia muito do modo Sport. A direção de assistência elétrica participa bem disso tudo.

MOTORES

Os motores são outro bom exemplo de que tudo é novo no carro: nenhum deles foi simplesmente adotado sem modificações. A Volkswagen desenvolveu dois motores completamente novos para o Golf. Todas as versões são equipadas de série com sistema Start/Stop e com modo de recuperação da energia na frenagem.

Golf (71) (640x427)

Uma das novidades do novo Golf Highline é o motor 1.4 TSI turbo. Só a gasolina, tem 140 cv de potência máxima a 4.500 rpm, e torque máximo de 25,5 mkgf a 1.500 rpm. Acelera de zero a 100 km/h em 8,4 segundos e tem velocidade máxima de 212 km/h. O GTI usa o motor 2.0 TSI turbo, também só a gasolina, de 220 cv a 4.500 rpm e 35,7 mkgf a 1.500 rpm. Faz de zero a 100 km/h em 6,5 segundos e chega aos 244 km/h.

ELETRÔNICA

A eletrônica está presente por todos os lados. Confira:

Sistema de freios multicolisões – pesquisas sobre acidentes detectaram que aproximadamente 25% dos acidentes de trânsito envolvendo danos pessoais são colisões múltiplas, situação em que ocorre um segundo impacto após a colisão inicial. O sistema de frenagem multicolisões aciona automaticamente os freios do veículo quando ele se envolve num acidente para reduzir de forma significativa a energia cinética residual. A frenagem do veículo nesse caso é limitada à desaceleração máxima de 6 m/s2. Dessa forma, a habilidade do motorista controlar o carro é mantida, mesmo quando a frenagem automática acontece.

Proteção proativa dos ocupantes (PreCrash) – caso o sistema detecte uma situação de potencial acidente -como início de uma forte frenagem- os cintos de segurança do motorista e do passageiro da frente são automaticamente pré-tensionados para a melhor proteção possível pelo airbag e cintos. Numa situação altamente crítica e instável detectada – como numa derrapagem- as janelas laterais e o teto solar são fechados, para que os airbags de cabeça e laterais proporcionam o máximo possível de proteção.

Der neue Volkswagen Golf

Controlador de velocidade adaptativo (ACC) – esse recurso até agora era restrito a veículos de segmentos superiores, como o Volkswagen CC, por exemplo. O sistema usa um sensor de radar integrado à dianteira do carro. O ACC opera na faixa de velocidades entre 30 e 160 km/h com câmbio manual e de zero a 160 km/h com o DSG (câmbio automático de dupla embreagem). Nos veículos com DSG, o Adaptive Cruise Control intervém de tal forma que, dependendo da situação, o carro pode chegar a parar e, no modo Stop-and-Go, arrancar automaticamente. O ACC mantém a velocidade pré-selecionada e a distância definida do veículo à frente e freia ou acelera automaticamente seguindo o fluxo do trânsito.

Front Assist – funciona como o ACC, com o sensor de radar integrado à frente do carro, que monitora permanentemente a distância do tráfego à frente. Mesmo com o ACC desligado, o Front Assist ajuda o motorista em situações críticas pré-condicionando o sistema de freios e alertando o condutor por meio de sinais visual ou sonoro quando for necessária uma reação. Caso o motorista não freie forte o suficiente, o sistema automaticamente gera força de frenagem para tentar evitar uma colisão.

Golf (47) (640x427)

City Emergency Braking – pela primeira vez oferecida no Golf, é uma extensão do sistema Front Assist, que, por meio de um sensor de radar, varre a área à frente do carro. O novo sistema funciona em velocidades abaixo de 30 km/h. Se houver perigo de colisão com um veículo andando ou parado à frente do carro e o motorista não reagir, o sistema de freios é pré-condicionado da mesma forma que com o Front Assist ou mesmo iniciando a aplicação total dos freios para diminuir a gravidade do impacto.

Detector de fadiga – sistema introduzido primeiro no atual Passat, detecta a perda de concentração do motorista e o alerta por meio de um sinal sonoro durante cinco segundos. Uma mensagem visual também aparece no painel de instrumentos, recomendando parada para descanso. Se o motorista não parar dentro dos próximos 15 minutos, o aviso é repetido.

Freio de estacionamento eletromecânico – no lugar da alavanca de freio de acionamento manual, há um comando principal e um interruptor Auto Hold no console central.

Dynamic Light Assist – por meio de uma câmera instalada no pára-brisa, o sistema analisa o tráfego à frente e no sentido contrário. Com base nesses dados, o farol alto é acionado automaticamente em velocidades acima de 65 km/h e permanece ligado. O Dynamic Light Assist trabalha assim: com a ajuda da câmera, o sistema mascara o facho dos faróis bixenônio nas áreas em que considera que, potencialmente, podem perturbar outros usuários da via. Esta função é realizada por uma abertura pivotada entre o refletor com filamento de xenônio e a lente. Juntamente com a oscilação lateral de todo o módulo e o controle independente dos faróis esquerdo e direito, é possível mascarar a fonte de luz, evitando ofuscar quem anda à frente ou vem em sentido contrário.

Park Assist 2.0 – A mais nova versão do sistema de assistência ao estacionamento agora facilita parar não apenas em vagas paralelas à via, mas também em vagas perpendiculares.

Touchscreen – A Volkswagen está equipando o Golf com uma nova geração de sistemas de rádio e rádio/navegação com projetos completamente novos. Todos os sistemas têm telas sensíveis ao toque. A nova geração de aparelhagem é oferecida em seis níveis de extensão e telas de dois tamanhos diferentes: 5,8 polegadas e 8 polegadas. Pela primeira vez, a Volkswagen está introduzindo telas com sensores de proximidade: assim que o motorista ou o passageiro da frente movimentam um dedo próximo à tela, o sistema automaticamente passa do modo display para o de entrada.

CONCLUSÃO

A Volkswagen conseguiu, uma vez mais, evoluir na direção certa o Golf e, fora o desenho externo muito semelhante ao atual –mesmo que este Golf VII seja bem agradável à vista– está realmente maos bonito, é uma proposta interessante e oferece muito mais que o anterior modelo, subindo mais um degrau em direção ao lado Premium do segmento.

Der neue Volkswagen Golf

Com certeza está entre os melhores carros do segmento. O novo Golf é um automóvel muito bom mesmo.

VERSÕES E PREÇOS

Highline

Básico:R$ 67.990
Itens de série: rodas de liga leve aro 17, faróis de neblina e luz traseira de neblina, volante multifuncional e manopla de câmbio com revestimento em couro, ar-condicionado digital dual zone, cruise control, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, vidros elétricos, central multimídia com tela de 5,8 polegadas touchscreen start-stop, ABS com EBD, controle eletrônico de estabilidade, assistente para partida em rampa e sete airbags, entre outros.

Elegance: R$ 72.990
Mais central muntimídia com tela de 5,8 polegadas, GPS e comandos de voz, sistema kessy, rodas de liga leve “Geneva” aro 17, selecão do perfil de condução “Mode”.

Pacote Exclusive: R$ 82.990
Mais revestimento interno de couro com aquecimento dos bancos dianteiros e faróis bixenônio com luz de condução diurna em LED, regulagem dinâmica de altura e luz de conversão dinâmica.

Pacote Premium: R$ 92.990
Mais bancos de couro com ajustes elétricos de altura, longitudinal e lombar (motorista, detector de fadiga e sistema Pro-active (proteção ativa dos ocupantes).

Opcionais:
Câmbio automático DSG de sete velocidades: R$ 7.000
Teto solar elétrico: R$ 4.500
Rodas de liga leve aro 17 “Geneva” com pneus 225/45 R17: R$ 950 (versão Standart somente)
Rodas de liga leve aro 17 “Madrid” com pneus 225/45 R17: R$ 280
Sistema de entretenimento e conectividade com rádio, DVD, tela de 8 polegadas sensível ao toque e HD de 60 GB: R$ 6.730
Park Assist com câmera de ré: R$ 3.730


GTI

Básico : R$ 94.990
Itens de série: faróis de neblina e lanterna traseira de neblina, volante (multifuncional) e manopla de câmbio com revestimento em couro, ar-condicionado digital dual zone, controle automático de velocidade, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, vidros elétricos, central multimídia com tela de 5,8 polegadas sensível ao toque, start-stop, freios ABS com EBD, controle eletrônico de estabilidade, assistente para partida em rampa, sete airbags, rodas de liga leve “Brooklin” de 17 polegadas com pneus 225/45 R17, lanternas traseiras de LED, bancos esportivos e borboletas para trocas de marcha no volante.

Exclusive: R$ 110.990
Mais seleção do perfil de condução “Mode”, central muntimídia com tela de 5,8 polegadas, GPS e comandos de voz, sistema kessy, revestimento interno de couro com aquecimento dos bancos dianteiros, faróis bixenônio com luz de condução diurna em LED, regulagem dinâmica de altura e luz de conversão dinâmica.

Premium: R$ 125.990
Mais bancos de couro com ajustes elétricos de altura, longitudinal e lombar (para o motorista), detector de fadica, sistema Pro-active, park assist com câmrea de ré, sistema de som Premium “Dynaudio”.

Opcional:

Teto solar elétrico: R$ 4.500


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *