Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Série Especial: McLaren celebra a Can-Am dos anos 1960

Compartilhe!

Apesar da McLaren ser uma marca relativamente nova (foi fundada em 1965 por Bruce McLaren),  boa parte do seu prestígio foi conseguido graças à boa presença nos circuitos norte americanos.

1444413886_extras_albumes_0_980

Por isso este McLaren 650S Spider Can-Am é a melhor homenagem ao seu legado. O seu período norte-americano mais gloriosos foi entre 1966 e 1971, com cinco vitórias consecutivas no campeonato Can-Am (Canadian-American Challenge Cup).

Para celebrar o 50ª aniversário disso, o departamento de veículos especiais da marca resolveu criar uma série limitada 650S Spider Can-Am. São 50 unidades inspiradas nos McLaren Can-Am dos anos 1960 que foram pilotadas por grandes nomes do automobilismo como Graham Hill, John Surtees, Jackie Stewart e o próprio Bruce McLaren, criador da marca.

O 650S Spider Can Am apresenta elementos exclusivos. A fibra de carbono está por todos os lados, do teto ao capô. A traseira apresenta um detalhe muito especial: quatro saídas de escapamento, um dos sinais de identidade dos modelos clássicos que serviram de inspiração. A viagem no tempo não acaba por aqui. Além dos logos decorativos, as rodas de alumínio tem desenho inspirado nas de 50 anos atrás e são pintadas em preto com a borda externa prata. No interior, destaque para os bancos desportivos em carbono em camurça e uma plaqueta Can-Am exclusiva na porta do piloto/motorista.

 O esportivo 650S Can-Am está equipado com o mesmo motor do 650S, com 650 cv e 68 mkgf de torque, o que permite ao veículo acelerar de zero a 100km/h em 3 segundos.
A edição especial 650S Can-Am vai ter produção limitada a 50 unidades, apenas disponíveis na versão Spider.
McLaren_650S_Can_Am_001

Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español