Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

SINDICALISTA VAZA SEGREDO DA HONDA: O BRIO

Compartilhe!

Sinal dos tempos? Pode ser, pois agora até sindicalista deixa vazar segredos de montadoras. No ano passado, durante o Salão de Tóquio, o atual presidente da Honda Brasil, Issao Mizoguchi, afirmou que o Brio, hatch popular que a marca fabrica na Índia e Tailândia, não seria lançado no Brasil, por duas razões: o carro era pequeno e caro. Estranho, pois carros destinados a países de Terceiro Mundo costumam ser baratos.

Agora, ele vai precisar contar outra história, pois o Brio será fabricado aqui, com lançamento previsto para o próximo ano. Isso foi confirmado pelo jornal “Brasil Econômico”. O presidente do sindicato dos metalúrgicos da região de Campinas, Jair dos Santos, afirmou que a Honda já começou a preparar o Brio para seu lançamento nacional, em 2013.

A Honda, sempre titubeante, vai precisar de um carro para brigar com o Hyundai HB20 e Toyota Etios, no segmento de entrada. Já havia anunciado o carro e depois desistido. Por não ter autonomia muito menos uma área de engenharia com condições de desenvolver um carro exclusivo para o Brasil, voltou a pensar no Brio. O carro usa a mesma plataforma GSC (ou Global Small Car) do Fit e City. Outro sinal de que ele seria lançado aqui foi o registro do desenho do modelo no INPI. Ou seja, tudo confirmava seu lançamento, menos a Honda.

Mais uma pista de que o pequeno Honda está chegando é o início da operação da fábrica argentina da marca, que produzirá o City, interrompendo a produção brasileira do sedã. Assim, os City vendidos aqui serão importados da Argentina, abrindo espaço na fábrica de Sumaré (SP) para, o Brio começar a ser produzido.

Nos mercados emergentes, ele usa motor 1.2 de 90 cv a gasolina, que no Brasil será flex. Ele tem entre-eixos de apenas 2,34 m, portas traseiras pequenas e porta-malas com míseros 220 litros.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español