Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

SO-CAL: A LOJA DOS SONHOS. E DOS HOT RODS…

Compartilhe!

Talvez a mais completa loja dos Estados Unidos, especializada em hot rods, seja a So-Cal (de South California) Speed Shop. AUTO&TÉCNICA visitou uma de suas filiais, que fica em Las Vegas, e no final o resultado é um só: decepção pura. Explicamos. Decepção por não termos no Brasil nada que sequer lembre nem de longe So-Cal ou mesmo lojas similares, que existem às centenas pelos Estados Unidos. A loja tem de tudo quando o assunto é hot ou street rod. De chassi a motor, de carroceria a peças de acabamento.

     A história da So-Cal Speed Shop começou em 22 de março de 1922, em Los Angeles, California, quando nasceu Alex Xydias, o fundador. Seu pai era um executivo do cinema mudo. Alex teve infância absolutamente normal e construiu seu primeiro hot rod, um Ford 29, que dirigia para ir à escola. Depois que se formou, trabalhou num posto de abastecimento e recuperou um Ford 34 “three windows” e customizou um cabriolet 34, que encontrou abandonado na garagem do Ambassador Hotel,em Los Angeles.

     Em 1942 foi para a Guerra, servindo como engenheiro de bordo de aviões B-17. Com o dinheiro que guardou, na volta do conflito inaugurou em 3 de março de1946 aprimeira So-Cal Speed Shop, na Olive Avenue, em Burbank, California. Trabalhava com a venda de peças para hot rods e preparação de motores. Em 1951 montou o So-Cal Speed Shop Racing Team e construiu os primeiros hot rods que iam a 160, 170, 180 e 190… milhas por hora! Em1952, arevista “Mechanix Illustrated” elegeu a So-Cal gang  o “Number One Racing Team”. Até hoje a So-Cal participa de competições, recentemente trabalhando em conjunto com a GM, na quebra de recordes de velocidade. E de lá para cá a empresa não parou mais. Alex se aposentou em 1987.

     A visita à loja de Las Vegas é quase um sonho. Dentro da loja, alguns hot e street rods estacionados, passando por manutenção ou servindo de amostra de peças. Num canto, chassis novinhos de Ford Modelo A por apenas US$ 2,5 mil, empilhados aguardando que alguém dê início a mais um hot rod. Com berço para V8, suspensões, rodas e eixo traseiro, ficam em US$ 3,7 mil.

     Um conjunto dianteiro de freios a disco (que dão a impressão de serem freios a tambor por causa das propositais coberturas em forma de tambores), especiais para hots, saem por US$ 1,6 mil. Imensos, com tomadas de ar, no caso de cromados o preço sobe mais US$ 300. Conjunto de seis instrumentos de painel ficam na faixa dos US$ 130.

     Seu problema são as rodas? Esqueça. Rodas de liga-leve na medida 16×5,5, com cubo rápido (não são imitação, são funcionais) ficam em torno de US$ 400 cada, incluindo o kit do cubo rápido. Transmissão automática sai por US$ 1.350, quase o mesmo preço de uma moldura de pára-brisa especial e cromada, bem baixa, que fica em US$ 1.299. Uma capota conversível completa fica em US$ 2.495.

     Bem mais baratas são as lanternas traseiras. Reproduções do Ford 39 ficam em US$ 70 o par; do Ford 40 em US$ 80 e as inspiradas no Cadillac 59 em US$ 35 cada. Volantes começam em US$ 90. Painéis de controle de condicionador de ar a partir de US$ 120, ventoinha elétrica a US$ 160 e par de amortecedores dianteiros cromados a US$ 52 cada.

     A So-Cal permite que você monte um hot rod totalmente novo, de pára-choque a pára-choque. Lá, dá para programar a montagem do carro. Num mês você compra o chassi, no outro a suspensão dianteira, no outra a traseira, e assim vai, até ter o carro pronto. Só peças novas e de muita qualidade.

     A inveja é um pecado, mas nesse caso, é ou não de morrer de inveja?

 

 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español