Stellantis retira produção e investimentos da Rússia

Compartilhe!

 A Stellantis vai transferir a produção de veículos da Rússia para a Europa Ocidental, e congelou os investimentos previstos para o território russo após a invasão da Ucrânia, anunciou o chefão do grupo, Carlos Tavares. “Os novos investimentos deixaram de estar em discussão”.

por Marcos Cesar Silva

Ver a imagem de origem

O Grupo, que detém marcas como a Peugeot, Fiat, Opel, Citroën e Alfa Romeo, entre outras, anunciou que também irá suspender as suas operações no mercado russo, cessando as exportações e o comércio local. Na Rússia, o fabricante tem uma fábrica em Kaluga -em parceria com a Mitsubishi- decisão que coloca um ponto final no plano anunciado em janeiro, de transformar a Rússia numa base de exportação para atender a forte demanda de comerciais leves nos mercados da Europa Ocidental.

No início do ano, a Stellantis anunciou que a produção na fábrica de Kaluga tinha duplicado em 2021 em comparação com 2020; tem capacidade anual de 125 mil veículos e iniciou a produção de vários modelos para a PSA, em 2017.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español