Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Suitcase Car 1991, a mala motorizada da Mazda

Compartilhe!

facebook sharing button
twitter sharing button
linkedin sharing button
sharethis sharing button

Nesta complicada época de pandemia, onde o transporte individual se mostra como solução preferencial, apesar de estar mais para uma aberração sobre rodas, esta poderia ser a solução ideal. Trata-se de um projeto experimental, resultado de uma ação interna da Mazda, e que acabou dando origem à esta surpreendente “Suitcase Car”, ou “carro-mala”.

A história começa no início da década de 1990, época em que o Mundo exalava otimismo, resultado também do fim da Guerra Fria. Do outro lado do planeta, mais precisamente em Hiroshima, no Japão, comemorava-se o excelente desempenho comercial do então novo roadster Mazda MX-5, o Miata, assim como a vitória da Mazda na “24 Horas de Le Mans”, com um carro equipado com motor rotativo Wankel.

MAZDA: Mazda's Amazing Suitcase Car | We are Engineers

Procurando aproveitar toda esta onda de energia positiva, a Mazda detonou, igualmente, dentro da empresa, a atividade chamada “Fantasyard”, competição interna que aconteceu entre 1989 e 1991, na qual equipes de diferentes departamentos apresentavam ideias criativas e até mesmo surreais, de mobilidade.

Entre os muitos projetos apresentados durante esse período, a Mazda recorda, hoje em dia, o “Suitcase Car”, uma espécie de mala motorizada com três rodas, na época pensada como uma solução de locomoção dentro dos aeroportos.

Sabia que a Mazda já criou uma 'mala motorizada'? / 0 aos 100 / Notícias em  alta rotação
Só de olhar você já sabe que não vai dar certo…

Imaginada por um conjunto de sete engenheiros da unidade de testes e pesquisa de transmissões manuais, a Mazda liberou, então, uma pequena verba para a equipe, para que pudessem dar vida à sua ideia. Algo que fizeram, começando por adquirir uma mini-moto motorizada, conhecida como “Pocket Bike”, assim como a maior mala de estrutura rígida que conseguiram encontrar no mercado.

Com algumas peças dessa mini-moto, entre as quais o seu motor de dois tempos de 34 cm3, e uma clássica mala Samsonite de 57 por 75 centímetros, os engenheiros construíram um veículo que demora apenas um minuto para montar, já que basta girar o conjunto da roda dianteira com o guidão e freios para a posição vertical. Depois, por meio de uma tampa removível da mala, são encaixadas pelo exterior as rodas traseiras e colocado o banco sobre o eixo traseiro.

Segundo os seus criadores e apesar dos 32 kg de peso, o motor de 17 cv conseguiria levar esta engenhoca à velocidade máxima de 30 km/h! Imagine você, dentro de uma mala, a 30 km/h…

Ao contrário do que se pode imaginar, a verdade é que este projeto, garante o fabricante, acabou contribuindo para aquilo que é é a característica da Mazda hoje em dia, com a diversão que proporcionava ao volante, devido ao baixo centro de gravidade, parecido ao de um kart, mas também ao do Mazda MX-5. Além de canalizar o espírito inventivo daquele que foi o primeiro veículo de produção da empresa, o Mazda-Go, popular modelo de três rodas, lançado em 1931.

Embora nunca tenha passado para a fase de produção por razões óbvias, devido à pouca funcionalidade, a Mazda ainda fabricou mais dois exemplares do “Suitecase Car”, destinados a demonstrações nos Estados Unidos e na Europa, , tendo a unidade europeia a honra de ser exposta no Salão de Frankfurt de 1991, lado a lado com o Mazda 787B, vencedor de Le Mans.

Hoje em dia, apenas o exemplar usado nos Estados Unidos existe, já que o “Suitcase Car” original foi destruído num acidente. Quanto à réplica europeia, desapareceu em “circunstâncias desconhecidas”, segundo a Mazda.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *