Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

SUV Pulse reinventa a Fiat. E nós já aceleramos a novidade

Compartilhe!

Um dos lançamentos mais esperados do ano, o Fiat Pulse acabou de ser apresentado no Brasil. Primeiro SUV de desenvolvido pela marca para o mercado nacional (já houve o Fiat Freemont, que na verdade era um Dodge Journey rebatizado), o modelo chega repleto de novidades e ambições, com a missão de ser o cartão de visitas do que há de mais atual na Fiat, em especial na área de desenho, segurança e tecnologia. Tudo isso para colocar a marca um degrau adiante no mercado. Para isso, estreia a nova plataforma MLA e o motor 1.0 Turbo 200 Flex. Produzido em Betim (MG),  o Fiat Pulse chega nas versões Drive 1.3 manual (R$ 79.990), Drive 1.3 CVT (R$ 89.990), Drive 1.0 Turbo (R$ 98.990), Audace 1.0 Turbo (R$ 107.990) e Impetus 1.0 Turbo (R$ 115.990).

por Ricardo Caruso

O SUV pequeno da Fiat, apesar do parentesco óbvio, vai bem além do que ser apenas um Argo anabolizado. Teto e portas são comuns aos dois carros, e só. O SUV é maior em comprimento, altura, largura e espaço interno se comparado ao hatch, com linhas mais robustas e atraentes dentro da sua proposta. Tem 4,10 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 1,58 m de altura e 2,53 metros de distância entre-eixos; o Argo tem 3,99 m de comprimento, 1,72 m de largura, 1,50 m de altura e 2,52 m de entre-eixos.

Por fora, o seu visual já é conhecido o primeiro semestre, quando o carro, ainda atendendo pela alcunha de “Progetto 363”, foi exibido no BBBi. A Fiat aproveitou a exposição e convocou o público para ajudar a definir o nome oficial do carro. Na disputa entre Pulse, Domo e Tuo, o primeiro acabou sendo o escolhido. Nos dias e meses seguintes, alguns detalhes foram sendo revelados. A Fiat também desvendou partes do desenvolvimento do modelo em uma websérie de cinco capítulos, que levou o consumidor para dentro da fábrica de Betim por meio da plataforma digital exclusiva para interação com o público (pulse.suv.com.br), que conta com cerca de 70 mil inscritos.

Líder do mercado brasileiro e sul-americano em 2021, a Fiat com o Pulse passa a disputar o segmento que mais cresce no País e no mundoi. De 2012 até 2021, os SUVs dessa categoria aumentaram de 2,8% para 22,8% a participação de mercado, e saiu de dois para 18 concorrentes. Com um representante nesta categoria, a marca -que detém o maior crescimento nacional (7 pontos percentuais de janeiro a setembro contra o mesmo período de 2020)- reforça sua posição ao ampliar a cobertura de mercado: de 61% no ano passado para cerca de 90% em 2021.

A Fiat entra na disputa com o Pulse, que quer ser nova referência do segmento, veículo que atinge um novo consumidor aspiracional em busca de inovação, tecnologia e conectividade. Assim, a Fiat trabalhou intensamente no desenvolvimento do Pulse sobre os pilares de Desenho, Performance Eficiente, Segurança, Tecnologia e Conectividade para que ele seja o SUV mais desejado de sua categoria.

Galeria de fotos Pulse Drive 1.3

Com estilo único tanto na gama Fiat quanto entre os concorrentes, o Pulse nasceu do trabalho do time de profissionais do Design Center South America da Stellantis, no Polo Automotivo de Betim, MG. De uma folha em branco ao desenvolvimento no computador, sempre buscando atender as aspirações do consumidor, o Pulse foi projetado para expressar um desenho atraente e moderno, destacando sua robustez e elementos tecnológicos.

A dianteira, alta e imponente, transmite elegância e versatilidade. O para-choque elevado amplia o ângulo de entrada, item crucial para um SUV que pode se aventurar em caminhos menos cuidados. A ampla grade frontal traz o novo logo da marca (o Logo Script) com uma estilizada bandeirinha da Itália (a Fiat Flag) no canto inferior direito, um lembrete das raízes italianas do modelo, apesar de ter sido projetado no Brasil.

Os faróis de LED são sofisticado, e um friso horizontal, o wide blade, pode variar conforme a versão -cromado na top de linha- une os conjuntos ópticos. Abaixo fica uma segunda entrada de ar, com grandes nichos para acomodar os faróis de neblina, também de LED, nas extremidades.

O estilo “musculoso” do Pulse se mantém na lateral, com grandes molduras plásticas nos para-lamas, rack no teto e acabamento diferenciado sob os vidros. As rodas de liga leve têm desenho exclusivo nas diferentes versões, combinando perfeitamente com a suspensão elevada e o estilo do SUV.

Na traseira as lanternas tridimensionais são horizontais e elevadas. Também com LEDs, elas são posicionadas para otimizar sua visualização por outros motoristas, reforçando a segurança ao mesmo tempo em que cria uma identidade visual.

O para-choque traseiro une forma à função. Seu desenho otimiza o ângulo de saída do Pulse, enquanto os elementos escurecidos, somados a um friso prateado na parte inferior, deixam claro que o SUV tem características para uso mem terrenos acidentados.

Galeria de fotos Pulse 1.0 Turbo

Todo esse estilo deve agradar cada tipo de consumidor, e para reforçar isso, o Pulse estreia duas cores novas e exclusivas, Azul Amalfi e Cinza Strato, que podem ser combinadas com o teto preto ou cinza na Impetus, e preto como item opcional nas demais, com exceção da versão de entrada.

O estilo da cabine traz para o interior do Pulse um bom nível de acabamento. Todo o habitáculo é inédito. O novo e exclusivo painel recebe tons prata e cinza com diferentes elementos. As peças usam um mix de texturas agradáveis ao toque que, mesmo exagerando no plástico, criam uma boa sensação de requinte nos passageiros.

Os novos bancos em tecido ou material sintético que imita couro (a proibida expressão “couro sintético” foi usada pela Fiat, apresentam costura aparente e são bastante envolventes e confortáveis. A manopla de câmbio tem uma discreta borda prateada, mesmo tom usado ao redor dos comandos do novo volante, que pela primeira vez traz o logo Fiat da Fiat e permite acessar diversas funções, como ajustar o som, trocar as marchas por meio de “paddle-shifters” ou acionar o modo Sport com apenas um toque no botão vermelho (alongando o espaço entre as trocas -simuladas- de marcha e a resposta ao pedal do acelerador).

O painel 100% digital é sinal de tecnologia, fazendo a dupla com a tela flutuante do sistema multimídia, que pode ter 8,4 polegadas ou 10,1 polegadas com conexão de internet 4G.

Os comandos do sistema de som, ar-condicionado e controles do veículo ficam reunidos em um integrado, criando um visual limpo e facilitando o rápido acesso aos principais recursos do Pulse. Abaixo dele ficam duas entradas USB, sendo uma do tipo C, posicionadas logo acima do carregador de celular por indução. Outro conector USB colocado entre os bancos permite que os passageiros do assento traseiro carreguem seus aparelhos.

Esses elementos criam na cabine do Pulse uma boa sensação de amplitude, tornando o ambiente agradável para os ocupantes. No SUV, a praticidade é reforçada pelos 18 porta-objetos espalhados pela cabine, que somam 25 litros de armazenamento.

As surpresas do Pulse não param por aí. Um olhar mais atento encontra “segredos escondidos” nos “easter-eggs”, como o mapa da Itália e da América Latina com trilhas off-road. É só procurar, brincadeira que começou com o Jeep Renegade.

Galeria de fotos Pulse Audace 200 Automático

O modelo chega ao mercado com um interessante catálogo de transmissões e motores, incluindo a chegada do inédito Turbo 200 Flex, o 1.0 sobrealimentado mais potente do Brasil, com até 130 cv de potência máxima. Este motorO inédito propulsor faz parte da “família” de motores desenvolvida pela Stellantis, e repete 100% das inovações e tecnologias do conjunto existente, o Turbo 270 Flex, que já equipa a Nova Toro. Foram mais de três anos de desenvolvimento e 30 mil horas em testes de bancada, que resultaram em maior desempenho e mais eficiência, com uso dos três cilindros que acompanha a tendência mundial de “downsizing”, entregando um conjunto mais leve.

O Turbo 200 Flex é capaz de gerar 130 cv de potência máxima com etanol (125 cv com gasolina), número acima de qualquer concorrente no segmento. O amplo torque de 20,4 mkgf, independente do combustível, está disponível entre 1.750 rpm e 3.500 rpm.

Um dos recursos que permite isso é o turbocompressor de baixa inércia da BorgWarner. Ele é dotado de uma “wastegate” eletrônica, que se ajusta rapidamente às demandas do acelerador de forma ativa. Isso reduz o tempo de resposta do componente e amplia o controle da pressão no conjunto. O sistema de admissão tem volume reduzido, diminuindo ainda mais o “turbo lag”.

Essas características são reforçadas pelo MultiAir III, tecnologia exclusiva da Stellantis. Ele é dotado de um sistema eletro-hidráulico para fazer o controle flexível das válvulas de admissão, mantendo a alta performance sem comprometer o consumo de combustível, com baixo nível de emissões.

Com o MultiAir III, o motor Turbo 200 Flex do Pulse pode abrir as válvulas de admissão durante o ciclo de compressão do cilindro, o que reduz a taxa de compressão e esfria a câmara de combustão. Isso dá maior controle sobre a detonação sem comprometer o avanço de ignição.

O controle eletrônico também permite antecipar a abertura das válvulas de admissão na fase de escapamento, criando uma recirculação de gases, que reduz os óxidos de nitrogênio oriundos da combustão. Por conta disso, o Pulse chega ao mercado já atendendo às novas regras de emissões que passarão a vigorar a partir de 2022.

A injeção direta de combustível tem injetores colocados quase na vertical em relação aos pistões, em ângulo de 23°. Isso favorece a mistura ar-combustível ao mesmo tempo em que evita o comprometimento do filme de óleo na parede do cilindro, dando estabilidade e velocidade na combustão. O controle preciso do motor é reforçado com as informações do sensor de etanol, que detecta o tipo de combustível usado antes dele ser queimado.

Até mesmo o posicionamento do catalisador é pensado para o máximo de eficiência. Colocado junto ao coletor de escapamento integrado ao cabeçote, ele possibilita o rápido aquecimento do conjunto, favorecendo o controle de emissões com o motor em ciclo frio. Já a corrente de distribuição silenciosa é do tipo “for life”, e não necessita de manutenção durante a vida útil do veículo, reduzindo o custo de manutenção.

Além do Turbo 200 Flex, o Pulse também recebe o conhecido motor 1.3 Firefly, que gera 107 cv de potência com etanol a 6.250 rpm e 13,7 mkgf a 4.000 rpm, números competitivos oferecidos no mercado e alinhados com o custo-benefício do conjunto.

Ambas motorizações do Pulse são acopladas ao inédito câmbio automático CVT com sete marchas. Essa transmissão foi desenvolvida junto à Aisin, uma das mais prestigiadas empresas do segmento de transmissões. Com ela, o Pulse com motor Turbo 200 Flex é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 9,4 segundos, o melhor desempenho do segmento.

O câmbio CVT usa duas polias variáveis ligadas por uma correia metálica mergulhada em óleo. Essa solução entrega o máximo de suavidade e conforto para o motorista, mas comprometendo um pouco o desempenho. Ele opera com três modos de funcionamento. No modo Automático a central eletrônica faz o ajuste das relações e tempo de resposta conforme a demanda do motorista, se ajustando de acordo com os diferentes cenários do dia a dia e privilegiando baixas rotações para maior conforto e baixo consumo de combustível.

O modo Manual é para quem não abre mão do controle. Nele, o controle eletrônico do câmbio cria sete marchas pré-definidas, que podem ser trocadas manualmente e de forma sequencial por meio da alavanca de câmbio ou pelas borboletas no volante. Por fim, no modo Sport, acionado por um botão no volante —outra exclusividade do segmento—, leva ainda mais diversão na condução do Fiat Pulse. Ele atua na direção, no controle de estabilidade, no mapeamento do acelerador e altera o tempo de resposta e de troca de marchas, aproveitando ainda mais a potência máxima do Turbo 200 Flex.

A robustez e baixo custo de manutenção desse câmbio são garantidos pelo sistema de lubrificação selado com óleo “for life”. Ele não prevê trocas ao longo de toda a vida útil do Pulse, tornando o custo de propriedade ainda menor. O câmbio automático CVT é item de série nas versões Turbo 200 Flex do Pulse. A configuração 1.3 Firefly pode receber a transmissão automática e também a caixa manual de cinco marchas.

O primeiro SUV nacional da Fiat foi desenvolvido para atender alguns critérios de desempenho, robustez e conforto, que são exigências dos consumidores do segmento. Por isso o Pulse adota diversas tecnologias totalmente desenvolvidas no Brasil nas áreas de suspensão, direção, carroceria e isolamento acústico e de vibrações. O Fiat Pulse utiliza uma suspensão inédita, desenvolvida especialmente para o modelo. O conjunto é composto pelo sistema McPherson no eixo dianteiro e eixo de torção para as rodas traseiras, ambos dotados de nova geometria.

Na frente, uma travessa plana de maior rigidez favorece a dinâmica e contribui para mais proteção em colisões. Nela ficam conectadas as novas molas e amortecedores, que além de absorver irregularidades do solo, ao mesmo tempo otimizam a estabilidade do Pulse nas curvas.

Galeria de fotos Pulse Impetus 200 Automático

A nova barra estabilizadora frontal foi pensada para conter a inclinação da carroceria nas curvas, algo essencial em um SUV. A peça está ligada aos braços oscilantes fixados por uma bucha vertical, projetados para entregar conforto aos passageiros em qualquer tipo de situação.

Na traseira, o eixo de torção tem maior rigidez, o que limita a inclinação do veículo em curvas e melhora a estabilidade. O componente também recebeu amortecedores e molas recalibradas especificamente para o Pulse.

Esse cuidado com os detalhes deu ao SUV da Fiat números excelentes para quem quer mais versatilidade. O amplo ângulo de entrada de 20,5° permite que o motorista encare as mais diferentes rampas e valetas sem o risco de tocar o para-choque no chão. O vão livre do solo chega a 22,4 cm, com altura mínima de 19,6 cm. Isso dá segurança em lombadas e estradas de terra, preservando o assoalho do carro contra o contato de pedras e outros obstáculos. Na traseira, a suspensão elevada aliada ao novo para-choque oferece excelente ângulo de saída de 31,4°, evitando danos e sustos até mesmo nas saídas de garagem mais íngremes.

A direção elétrica tem assistência progressiva e linear, permitindo uma condução confortável e segura em qualquer condição. E manobrar um SUV compacto nunca foi tão fácil: o volante do Pulse tem o menor esforço estacionário da categoria, além de um diâmetro de giro de apenas 10,5 metros.

O SUV da Fiat mostra ainda recursos como o TC+, que auxilia o veículo a transitar em condições de baixa aderência. O equipamento ajusta os parâmetros do controle de estabilidade para bloquear a roda sem aderência e transferir o torque para o outro lado, aumentando a capacidade de superar obstáculos. Além disso, o TC+ conta ainda com o ABS Off-Road, que garante melhor frenagem em condições de baixa aderência em pisos como terra, barro e areia, trazendo mais segurança e eficiência ao frear o modelo.

A fixação do motor e do câmbio é feita por meio de buchas especiais, que garantem o máximo de absorção de vibração e ruído, o que torna o ambiente na cabine silencioso e agradável. Os cuidados com esses componentes permitiram redução de vibrações de até 32% no volante e 7% no trilho do banco em relação ao seu principal concorrente.

O interior foi pensado nos mínimos detalhes para que seus ocupantes tenham a melhor experiência dentro do modelo. O ar-condicionado usa uma nova caixa de ar, feita para ter melhor performance climática e ainda favorecer o espaço interno. Como esse novo componente é menor, foi possível incluir mais porta-objetos na cabine do Pulse.

O porta-malas dispõe de 370 litros de capacidade, que podem ser ampliados ainda mais graças ao rebatimento do banco traseiro. Os encostos podem ser baixados na proporção 60/40, ajustando-se à quantidade de passageiros a bordo do Pulse. A Fiat mudou o sistema de medição de porta-malas, deixando de lado o sistema VDA e adotando uma nova fórmula, o que por enquanto torna difícil comparar com a capacidade do Argo.

No Pulse é possível destrancar e trancar o carro acionando apenas um botão na maçaneta. Ligar o motor é igualmente simples, bastando acionar um botão ao lado da direção. Sensor e câmera de ré facilitam balizas, e o rebaixamento automático do espelho retrovisor direito ajuda a evitar ralados das rodas contra o meio-fio em manobras.

O primeiro SUV nacional da Fiat marca a estreia de uma ampla lista de equipamentos e recursos de segurança. Isso faz do Pulse referência no segmento, pois chega ao mercado com o Sistema Avançado de Assistência ao Condutor (ADAS) e grande variedade de tecnologias.

Além de elegantes, os faróis de LED em todas as versões —inclusive nas luzes de condução diurna (DRL) e de neblina, mas não nos piscas— geram boa área luminosa, com desempenho até 32% superior ao principal concorrente do segmento. A tecnologia LED também permite que as luzes sejam acionadas mais rapidamente, característica ideal para o sistema de farol alto automático.

Ele usa uma exclusiva câmera posicionada na parte superior do para-brisas para acionar automaticamente o farol alto quando o Pulse estiver trafegando por vias com baixa luminosidade. Com o recurso Comutação Automática dos Faróis, a câmera é capaz de detectar outros veículos trafegando à frente ou em direção ao Pulse, e desativa sozinha o facho alto para não ofuscar os outros motoristas. Além da maior segurança em viagens noturnas, esse recurso também traz conforto em rodovias sinuosas, onde o motorista não precisará se preocupar em desligar e ligar o farol alto durante todo o trajeto.

Por meio desta mesma câmera, o Pulse é capaz de “enxergar” as faixas de rolamento no asfalto para o recurso Aviso de Mudança de Faixa. E, caso ele detecte que o veículo esteja saindo da trajetória, um aviso sonoro e visual no painel, seguido de uma pequena aplicação de torque no volante na direção contrária à saída de faixa, alerta o motorista imediatamente.

O Pulse também pode reduzir e até evitar colisões traseiras por meio da Frenagem Autônoma de Emergência (AEB). Ele usa imagens da câmera frontal para monitorar a proximidade do veículo à frente. Caso o sistema perceba uma rápida aproximação, ele emite um alerta visual e sonoro ao motorista. Se o condutor não tomar uma atitude, o sistema aciona os freios automaticamente, sendo capaz de evitar colisões até 50 km/h e reduzir os danos do impacto em velocidades superiores.

Nas situações em que o motorista se deparar com uma súbita mudança de trajetória, ou com piso escorregadio, a segurança é garantida pelo Controle de Estabilidade e Tração (ESC), item de série em todas as versões. Ele usa dados de diversos sensores para detectar quando o carro está prestes a sair da trajetória ou perder a aderência, e faz o ajuste de aceleração e freio automaticamente para auxiliar na retomada do controle.

Se for necessário acionar o freio em uma parada súbita, a Indicação de Frenagem de Emergência (ESS) faz as luzes de freio piscarem de forma intermitente, alertando os motoristas que vão atrás. Na frente, as luzes de condução diurna (DRL) 100% de LEDs reforçam a presença do Pulse durante o dia e atendem à legislação nacional para tráfego em rodovias de pista simples.

Manobras podem ser feitas sem sustos graças ao monitoramento da traseira em todas as versões, seja por meio de sensores de ré ou pela câmera com projeção no sistema multimídia.

O uso da nova plataforma MLA permitiu ao SUV o máximo de segurança nos testes de impacto. Sua carroceria é composta por 87% de aços de alta e ultra-alta resistência, conferindo a melhor performance nos testes de impacto frontal, lateral e traseiro. Na cabine, a proteção aos ocupantes é reforçada pelos airbags laterais do tipo “Side Head Torax” de série em todas as versões. Eles são maiores e avançam até a altura da cabeça do motorista e passageiro, proporcionando mais segurança para os ocupantes.

Os novos bancos possuem estruturas pensadas para as mais diversas situações. Elementos no assento protegem os ocupantes contra o mergulho sob o cinto de segurança (“anti-submarino”) e o efeito “chicote” (whiplash) de colisões traseiras. O assento traseiro soma o sistema bipartido 60/40 com fixação Isofix e Top Tether para cadeirinhas e assentos infantis.

A proteção aos pedestres é assegurada por elementos como o capô afastado do motor, que permite a melhor absorção de impactos, e do “soft nose”. Este conceito adota componentes deformáveis na parte frontal para proteger o corpo do pedestre no caso de um acidente.

O primeiro carro da Fiat cujo nome foi escolhido por uma votação via internet não poderia ser menos conectado. O SUV Pulse chega ao mercado com amplo pacote de tecnologias e conectividade. Tudo começa pelo sistema multimídia, item essencial na atualidade. Equipamento de série, estará disponível em duas versões, com tela flutuante de 8,4 polegadas e 10,1 polegadas sensível ao toque. Ambas oferecem conectividade Android Auto e Apple CarPlay sem fio e recebem o exclusivo Fiat Connect Me, a plataforma de serviços conectados da marca.

Com ela, o cliente pode controlar os mais diferentes recursos do veículo por meio de seu smartphone, smartwatch ou até usando o inédito assistente do Google (Google Assistant) e da Amazon (Amazon Alexa). É possível, por exemplo, abrir ou fechar as portas, acionar as luzes, buzinas e até aquecer ou resfriar a cabine do veículo somente com um comando de voz.

O Fiat Connect Me também dá detalhes do hodômetro, nível de combustível, vida útil do óleo do motor e quilometragem até a próxima revisão. Se o cliente quiser, é possível até entrar em contato com a concessionária mais próxima para agendar sua manutenção periódica.

Essas funcionalidades são possíveis graças à conexão via internet do Pulse, feita por meio de um chip virtual (eSIM) da TIM. Com a rede de dados, até a atualização de software ficou mais simples, e pode ser feita em qualquer lugar, usando uma conexão remota. O Pulse também compartilha o sinal de internet em uma rede Wi-Fi capaz de se conectar com até oito dispositivos.

O exclusivo aplicativo para smartphones permite ao motorista acompanhar seu Pulse à distância, e inclusive programar alertas de velocidade e perímetro de rodagem caso o carro seja conduzido por outra pessoa. Notificações automáticas são enviadas para o celular caso haja um possível furto do veículo (disparo do alarme do veículo, desconexão da bateria, movimentação), e é possível usar serviços de assistência à recuperação veicular em casos confirmados de roubo ou furto.

Em casos de acidentes com deflagração de airbag, pré-tensionamento de cintos ou capotamento, o SUV da Fiat aciona automaticamente o Call Center da marca, que será capaz de contatar as autoridades públicas e repassar a localização exata do veículo com coordenadas de GPS bem como informações sobre o acidente para a prestação de um socorro mais assertivo e rápido. O auxílio a emergências também pode ser ativado pelo condutor ou passageiros, via botão físico no interior do veículo, central multimídia ou app conforme a necessidade.

Essa versatilidade complementa um amplo pacote de comodidades do Pulse, como o navegador GPS nativo. Nele o trajeto é apresentado em um mapa intuitivo, com visualização 2D e 3D, e com atualização automática de trânsito e radares. O software inteligente é integrado ao veículo e avisa se for necessário abastecer no trajeto até o destino final, indicando opções de postos de combustível no caminho.

Também é possível procurar por pontos de interesse e estacionamentos na região onde você está, em seu destino ou no caminho até lá. Tudo isso pode ser acessado de forma rápida e intuitiva graças a uma interface amigável e processamento rápido dos comandos.

Os instrumentos são 100% digitais, em tela de 7 polegadas e customizáveis. Pode mostrar diferentes informações de acordo com o gosto do motorista. Os comandos do ar-condicionado usam botões físicos, tornando seu uso fácil e seguro sem que o motorista desvie a atenção. O conforto é reforçado pelo modo automático de climatização: basta você selecionar a temperatura desejada e o sistema faz todos os ajustes sozinho.

Os botões do ar-condicionado ficam reunidos em um conjunto junto dos comandos do rádio, das funcionalidades do Pulse (com o TC+, sensor de ré e alerta de saída de faixa) e de segurança.

Conclusão

Por tudo que o Pulse mostrou e pelo preço, não há duvidas de que será líder na categoria dos SUVs e que irá figurar entre os mais vendidos do mercado em 2022. A Jeep já domina o segmento, e a chegada de um novo modelo da Stellantis anima as previsões sobre seu desempenho no mercado.

A Stellantis posicionou o Fiat Pulse abaixo do Jeep Renegade, para evitar qualquer risco de canibalização entre eles. Desse modo, o Pulse irá disputar mercado com VW Nivus e Nissan Kicks, enquanto o Renegade segue na briga com VW T-Cross e Honda HR-V, em especial.

Versões e preços do Fiat Pulse 2022:

Dianteira do Fiat Pulse Drive 1.3 MTDrive 1.3 Manual

Pulse Drive 1.3 Manual (R$ 79.990): ar-condicionado automático e digital, controles eletrônicos de tração e estabilidade, barras longitudinais no teto, central multimídia com tela de 8,4 polegadas e Apple Car Play e Android Auto, tomada USB tipo A e tipo C, chave “canivete”, volante multifuncional, direção elétrica, faróis e lanternas em LED, fixação Isofix, quatro airbags, assistente de partida em rampa, cruise control (piloto automático), rodas de liga leve aro 16, sensor de estacionamento traseiro, TC+ (Traction Control Plus), vidros elétricos dianteiros e traseiros com função one touch e antiesmagamento, monitoramento de pressão dos pneus e quadro de instrumentos com tela de 3,5.

Dianteira do Fiat Pulse Drive 1.3 CVTDrive 1.3 Automático

Pulse Drive 1.3 Automático (R$ 89.990): acrescenta câmbio automático CVT (de sete velocidades simuladas), maçanetas externas e cobertura dos retrovisores externos na cor da carroceria, console com apoio de braço/porta-copos/porta-celular/porta-objetos, modo Sport de condução com botão de acionamento no volante.

Opcionais: Pack Plus (R$ 4.300) com câmera de ré, carregador sem fio para celular, Key Less Entry’n Go, partida remota via chave e pintura bicolor. Pack Connect Me (R$ 3.150) com Fiat Connect Me, navegação embarcada e espelho retrovisor interno eletrocrômico.

Dianteira do Fiat Pulse Drive T200Drive Turbo Automático

Pulse Drive 1.0 Turbo 200 Flex Automático (R$ 98.990): acrescenta ao Drive 1.3 o motor turbo. 

Opcionais: Pack Plus II (R$ 6.740) com rodas de liga leve de 17 polegadas de acabamento escurecido, bancos revestidos em material sintético imitando couro, banco traseiro rebatível e bipartido (60/40), volante revestido, “paddle shifters”, Key Less Entry’n Go, partida remota via chave e pintura bicolor.

Pack Connect////Me (R$ 3.150) com Fiat Connect////Me, navegação embarcada e espelho retrovisor interno eletrocrômico.Dianteira do Fiat Pulse Audace T200Audace Turbo Automático

Pulse Audace 1.0 Turbo 200 Flex Automático (R$ 107.990): acrescenta câmera traseira de alta definição com linhas adaptativas, carregador wireless para smartphones por indução, Key Less Entry’n Go, partida remota via chave, “paddle shifters”, volante revestido, banco traseiro rebatível e bi-partido (60/40), frenagem autônoma de emergência, alerta de saída de pista, comutação automática de farol alto, retrovisor interno eletrocrômico, sensor de chuva e crepuscular e rodas de liga leve de 16 polegadas diamantadas. 

Opcionais: Pack Design (R$ 5.200) com roda de liga leve de 17 polegadas escurecidas, bancos revestidos e pintura bicolor. Pack Connect Me (R$ 3.650) com Fiat Connect Me, navegação embarcada e central multimídia com tela de 10,1 polegadas.

Impetus Turbo Automático

Pulse Impetus 1.0 Turbo 200 Flex Automático (R$ 115.990): adiciona ao Audace bancos revestidos, instrumentos digitais de 7 polegadas, faróis de neblina dianteiros com função “cornering lamps”, sistema de navegação GPS, retrovisores externos com rebatimento elétrico e luz de cortesia, rodas de liga leve de 17 polegadas com acabamento diamantado, sensor de estacionamento dianteiro, tapetes de carpete, teto bicolor, volante com regularem de altura e distânica e central multimídia com tela de 10,1 polegadas.

Opcional: Pack Connect Me (R$ 2.650) com Fiat Connect Me.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español