Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Taos, a arma da Volkswagen contra o Jeep Compass

Compartilhe!

A Volkswagen fez a apresentação mundial pela internet do SUV Taos, de porte médio, que virá participar do mesmo segmento onde já reina o Jeep Compass, e habita Chevrolet Equinox, Ford Territory e Peugeot 3008. Na prática, ele se posiciona acima do T-Cross e abaixo do Tiguan, seja em tamanho, seja em preço. O Taos é derivado do Tharu chinês, e é o primeiro SUV da marca a ser fabricado na Argentina, para abastecer toda a região.



Entre os diversos recursos anunciados para este SUV, estão controlador de distância à frente com função start/stop, frenagem autônoma de emergência, alerta para veículo em ponto cego, faróis com comutação automática alto/baixo, quadro de instrumentos digital e carregador de celular por indução. O novo SUV usa a plataforma modular global MQB da Volkswagen e também a central multimídia VW Play, que chegou ao mercado equipando o Nivus.

Suas dimensões são de 4,46 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,67 m de altura e 2,69 m de distância entre-eixos. A capacidade de bagagem é de 796 litros medida até o teto, e cerca de 450 litros até o encosto do banco.

Comparado com o Tharu, o Taos ganhou novo desenho dianteiro. Uma interessante barra de leds une as luzes diurnas, passando pelo emblema da marca. Grande parte do pára-choque é preto, com bom efeito visual.

O único motor programado para o Taos no Brasil é o 1.4 turbo flex com injeção direta, com 150 cv de potência máxima e torque máximo de 25,5 mkgf), o mesmo do T-Cross e Tiguan. Caixa de câmbio automática de seis marchas e tração dianteira serão padrões no novo SUV.

Mais informações serão apresentadas de maneira gradativa pela marca nos próximos meses, e o lançamento no Brasil deve ocorrer apenas no segundo trimestre do próximo ano.

MERCADO AMERICANO

Volkswagen Taos para os EUA: motor 1,5, oito marchas e 4x4


Junto com o anúncio da Volkswagen argentina apresentando o Taos para o mercado da América do Sul, a filial dos Estados Unidos antecipou sua versão do SUV, que será fabricada em Puebla, no México, para encarar modelos como Jeep Compass, Honda CR-V, Ford Escape e Toyota RAV4, entre outros.

A versão mexicana do Taos é basicamente igual ao argentino, por fora e por dentro. A fábrica anuncia opção de rodas de 17 a 19 polegadas.
Entre os itens disponíveis na versão norte-americana, háexigências do consumidor local, como regulagem elétrica do banco do motorista, volante e bancos aquecidos, bancos com ventilação e internet a bordo. A tela da central multimídia, de 8 polegadas, é menor que a adotada na América do Sul, que tem 10,1 polegadas.

Por lá haverá motor 1.5 turbo a gasolina de 160 cv de potência máxima com o mesmo torque de 25,5 mkgf. A transmissão automática será de oito marchas (contra seis do “brasileiro”), e haverá uma versão com tração integral e transmissão DSG de dupla embreagem e sete velocidades.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *