Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Tempos elétricos: Camaro pode estar com os dias contados

Compartilhe!

Um dos mais marcantes modelos da Chevrolet em todos os tempos, o Camaro, infelizmente pode ter os dias contados. Os boatos para os lados de Detroit apontam que no seu lugar surgirá um sedã elétrico.

por Ricardo Caruso

Chevrolet Camaro

Depois do Mustang, também o Chevrolet Camaro parece pronto para passar pelo processo de eletrificação. Porém, enquanto no caso da proposta da Ford a adoção da motorização elétrica e do formato SUV não representou o fim do esportivo com motor de combustão interna, no caso do Camaro o futuro não parece tão agradável assim.

Como praticamente todas as fabricantes, também a General Motors está apostando fortemente na eletrificação de seus modelos. Com a meta de oferecer já em 2025 o total de 30 novos modelos 100% elétricos, surgem agora rumores de que uma das vítimas dessa eletrificação poderá ser o simpático Camaro.

A notícia está sendo divulgada pela imprensa americana e dá sinais de que o Camaro poderá ser substituído por um sedã esportivo 100% elétrico, modelo cujo principal objetivo seria enfrentar o bem-sucedido Tesla Model S e cujas formas podem até já ter sido adiantadas num “teaser” revelado pela GM (imagem abaixo).

GM Plataforma elétricos
Há quem diga que esta imagem antecipa as formas do sucessor do Camaro.

Dando força a esta hipótese estão os números de vendas do Chevrolet Camaro quando comparado com os seus dois principais rivais: Ford Mustang (sistematicamente o esportivo mais vendido no mundo) e o Dodge Challenger.

Para ter uma ideia, em 2020 foram vendidos pouco menos de 30 mil Chevrolet Camaro, queda de 38,3% diante de 2019. No mesmo período foram vendidos quase o triplo dos Mustang e o dobro dos Challenger.

Num momento em que a Ford já eletrificou o seu modelo com o lançamento do Mustang Mach-E e a Dodge prepara-se para lançar um “muscle car” elétrico já em 2024, não seria uma grande surpresa se o Camaro desse lugar a uma proposta movida a eletricidade e baseada na nova plataforma modular da GM.

Chevrolet Camaro eCOPO
Apresentado há três anos no SEMA, o Camaro eCOPO podia estar anunciando o futuro elétrico do Camaro.

Por enquanto, a Chevrolet não só se recusa a comentar esta hipótese como não adiantou uma data para o fim da produção do atual Camaro. Contudo, tendo em conta as ambiciosas metas de eletrificação da GM e as decrescentes vendas do “muscle car”, não será surpresa se o que por enquanto é um boato fosse confirmado como realidade a curto prazo.

Resta apenas saber se este novo modelo receberá o nome Camaro, numa estratégia semelhante à da Ford com o Mustang Mach-E.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español