Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Tesla Model S: 320 km/h, 0-100 km/h em 2,1s e 840 km de autonomia

Compartilhe!

Depois de vários anos liderando o mercado de veículos elétricos, a Tesla anunciou finalmente a versão atualizada do sedã Model S, o carro que permitiu à marca americana atingir o segmento mais abrangente do mercado. O anúncio foi feito durante a apresentação de resultados da Tesla no quarto trimestre de 2020, tendo sido confirmado que o novo carro entra em produção já nas próximas semanas.

por Marcos Cesar Silva

Tesla Model S e Model X ganham atualização com volante futurista e 1.000 cv  - 28/01/2021 - UOL Carros

A avaliar pelas fotos divulgadas pela Tesla, é no interior que o novo Model S apresenta suas maiores novidades. Desapareceu do painel o estilo tablet, que hoje se encontra nos Model S e Model X, para dar lugar a um painel horizontal, digital, de 17 polegadas, semelhante ao usado nos Model 3 e Model Y.

De acordo com a Tesla, a tela tem resolução de 2200×1300 e foi melhorada a sensibilidade ao toque. Por outro lado, deverá manter-se nos novos Model S e X o grupo de instrumentos digital numa tela de 12,3 polegadas. Uma outra novidade é o volante, em formato de “U”, semelhante ao da nova versão do Tesla Roadster.

Embora os novos interiores do Tesla Model S sejam realmente impressionantes, é na autonomia que está um dos maiores argumentos desta nova versão. Na versão Plaid+, a mais potente (e cara) do Model S, é anunciada autonomia de 840 km, sendo ainda possível acelerar de zero a 100 km/h em pouco mais de 2 segundos. A velocidade máxima é de 320 km/h.

O Tesla Model S estará disponível em mais duas versões, com diferenças de autonomia e potência. O Long Range anuncia autonomia de 663 km e velocidade máxima de 250 km/h, enquanto a versão Plaid atinge os 628 km de autonomia e os mesmos 320 km/h de velocidade máxima que a versão top de linha.

Com preços a partir de US$ 72.990, o Tesla Model S 2021 chega a passar de US$ 140.000 totalmente completo, sendo que na versão Plaid+, o sedã elétrico tem mais de 1.100 cv de potência e aceleração de 0 a 100 km/h em 2,1 segundo. Isso mantém o carro como principal rival dos sedãs de luxo, em especial os alemães Mercedes, Audi e BMW.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español