Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

TEST DRIVE: AUDI A3 SPORTBACK 1.8 TFSI

Compartilhe!

P1030166 (640x480)

Até que demorou um pouco, mas finalmente desembarcou no Brasil o novo Audi A3 Sportback. O carro foi lançado no Salão de Genebra de 2012, e está na terceira geração: a primeira é de 1996 e foi produzida aqui de 1999 a 2006; a segunda é de 2003 (a Sportback de quatro portas) foi mostrado em 2004, e esse, que AUTO&TÉCNICA avaliou, lançado há pouco mais de um ano na Europa.

P1030149 (640x365)

O novo A3 vai muito além do facelift. As mudanças mais importante não se vêem. É a plataforma MQB (Modularer Querbaukasten) e aumento de 58 mm na distância entre-eixos (passou a ser de 2.636 mm). Os motores disponíveis agora são dois, a gasolina e turbo, o 1.4 e o 1.8 (que equipava o carro testado); desaparece assim o 2.0. Os motores são da linha EA888 da Volkswagen, com coletor de escapamento integrado ao cabeçote. O 1.4 usa bloco é de alumínio, enquanto no 1.8 é de ferro.

P1030179 (640x410)

O motor 1.8 (1.798 cm³ exatos) tem 82,5 x 84,1 mm de diâmetro e curso, e atinge os 180 cv de potência máxima de 5.100 a 6.200 rpm, e 25,5 mkgf de torque máximo entre 1.250 rpm a 5.000 rpm. O turbo trabalha com intercooler a 0,8 bar de pressão, com válvula de alívio de acionamento elétrico. Esse motor é uma pequena obra de arte. Trabalha com dois eixos de balanceamento contra-rotativos, enquanto os dois comandos de válvulas tem variador de fase e de levantamento das válvulas de escapamento.

DIRETA E INDIRETA
O sistema de injeção de gasolina é sofisticado, sendo indireta no duto e direto nos cilindros, com 200 bar de pressão. Isso mesmo, 200 bar! Tudo para reduzir o consumo e a emissão de poluentes. A injeção indireta acontece em situações de pedal do acelerador alto, e a direta atua quando se exige mais do motor ou durante as partidas. E não é só: acontece ainda uma injeção direta extra nos cilindros, na fase em que a válvula de admissão ainda está aberta, também para reduzir mais a emissão de poluentes.

P1030153 (640x333)

E ele anda? Anda, e muito. Pesa quase 100 kg a menos que o A3 anterior, pois usa alumínio no capô e pára-lamas dianteiros (tecnologia que a Audi tem há tempos), e tem 1280 kg, o que significa ótima relação peso/potência: 7,1 kg/cv. Com isso o A3 acelera de zero a 100 km/h em 7,3 segundos. A velocidade máxima, que nada tem a ver com o peso, é de 232 km/h.

P1030160 (640x512)

Anda bem, acelera bem e não tem medo de curvas. O A3 usa suspensão dianteira McPherson e traseira multilink, mais rodas 17×7,5 “calçadas” com pneus 225/45, e isso tudo permite estabilidade impressionante. Errou numa curva? Sem problema, há controle de estabilidade e de tração para garantir a trajetória. A direção conta com assistência elétrica, de relação 15,3:1, e tem peso correto e precisão em qualquer velocidade. Para conter tudo isso, freios com ABS, discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira.

BOM DE CURVA
Equilibrando bem conforto e segurança, o A3 usa subchassi dianteiro de alumínio e traseiro de aço, mais barras estabilizadoras na frente e atrás. Usando o Audi Select, que fica no console, a suspensão pode ser ajustada em cinco modos: Conforto, Auto, Dinâmico, Individual e Eficiência. O A3 é neutro sempre, mesmo quando se abusa do acelerador.

P1030188 (640x480)

Consumo pouco importa num carro de pretensões esportivas, mas esse Audi pode surpreender, chegando a marcar 12 km/litro na cidade e 19 km/litro na estrada, sempre guiado de maneira cuidadosa.  O start-stop do motor (que pode ser desligado caso incomode o motorista) e o gerenciamento do alternador, para que não recarregue a bateria nas acelerações, ajyda nisso. O Cx é 0,32 com área frontal de 2,13 m².

a3 painel

Por dentro, conforto, bancos de desenho mais esportivo e painel completo. Chama atenção a tela de 7 polegadas, que se recolhe ou ergue de maneira automática. Há ainda o sistema de áudio MMI, que inclui a Audi Music Interface, com entrada USB e Bluetooth. O GPS é opcional, com tela touch screen.

CONCLUSÃO
O novo Audi A3 Sportback é maior que o anterior, mas continua um carro médio, com 4.310 mm de comprimento (cresceu 70 mm), 1.785 mm de largura (mais 20 mm) e 1.425 mm de altura (5 mm maior). O resultado disso tudo é o bom espaço interno e porta-malas que passou de 370 para 380 litros (mais 10 litros), e que pode chegar a 1.220 litros com os encostos do banco traseiro rebatidos, nesse caso 120 litros a mais que o anterior.

AUDI A3 SPORTBACK - JUL.2013

Enfim, o A3 mereceu mesmo o sobrenome Sportback que recebeu há quase 10 anos. É um hatch realmente esportivo e que só coleciona qualidades. O único senão é o preço. O A3 que aceleramos, o Sportback 1.8 TFSI Stronic, custa R$ 124.300 –o que não é pouco- e inclui câmbio automatizado de sete marchas, com dupla embreagem. A versão 1.4 com o mesmo câmbio fica em R$ 94.700.

P1030174 (640x489)


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español