Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Teste: será que os filtros de ar de alto rendimento funcionam mesmo?

Compartilhe!

Será que os filtros de ar de alto rendimento, tipo K&N, cumprem mesmo que prometem? A Engineering Explained decidiu fazer o teste. Confira.

A maior surpresa veio quando Jason Fenske instalou o filtro de ar de marca paralela. Com este modelo instalado, a potência subiu para os 165 cv e o torque até os 19,1 mkgf. Por fim, o filtro da K&N registrou, como se esperava, o maior valor de potência, com 167 cv, e 19,3 mkgf.
 

 
Passando da teoria à prática, Jason Fenske, do canal Engineering Explained, decidiu experimentar vários filtros de ar no seu próprio carro (um Subaru Crosstrek) e ver os resultados em termos de ganho de potência e de desempenho.Muitas vezes esquecido, o filtro de ar é um componente que, apesar da sua simplicidade, desempenha papel fundamental no garantia da “saúde” do motor. Afinal, é ele que assegura que nenhuma sujeirai ou impureza presentes no ar cheguem ao sistema de alimentação e à câmara de combustão.

Mas, ao mesmo tempo que evita a chegada de impurezas ao motor, o filtro de ar também restringe o fluxo de ar.  Diante desse inconveniente, há muito tempo que se desenvolvem filtros de ar de alto rendimento, menos restritivos, que permitem ao motor trabalhar menos para aspirar o ar, conseguindo maior eficiência e até aumento de potência; ao entrar mais ar na câmara de combustão, mais combustível é injetado e mais potência é conseguida.

Ao todo foram utilizados quatro filtros de ar: um usado e já sujo, um filtro novo original, um filtro de marca alternativa e ainda um filtro de alto rendimento da K&N. Com o filtro sujo a potência medida no banco de potência foi de 160 cv e o torque ficou nos 18,6 mkgf. Já com o filtro de ar novo original da Subaru, a potência subiu para os 162 cv e o torque manteve-se idêntico.

A conclusão foi de que o filtro de ar de alto rendimento garantiu, na prática, o ganho que prometia. Mas como Jason explicou, há uma ressalva, sobretudo em relação ao filtro de marca paralela, que também revelou excelentes resultados no rendimento, mas traz menor proteção do motor. Ao ser menos restritivo, pode também deixar entrar mais impurezas do que um filtro mais restritivo seria capaz de permitir.

Confira o vídeo:

 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *