Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Touring Superleggera Sciadipersia, ou a volta da elegância perdida

Compartilhe!

 

A Touring Superleggera, fabricante italiana de carrocerias, apresentou a sua mais recente criação. Desta vez a base de tudo foi a Maserati GranTurismo, que deu origem ao Touring Superleggera Sciadipersia.

Segundo explica a própria empresa, a Sciadipersia (Xá da Pérsia) procura contrariar a atual tendência visual de frentes fortemente agressivas. O Touring Superleggera Sciadipersia marca assim a diferença, por meio de uma estética mais clássica, evocando os GTs de décadas passadas.

O Sciadipersia começou sua vida como um Maserati GranTurismo, e apesar de haver muitos desses carros em circulação na Europa, os executivos da Touring Superleggera também garantiram que não irão produzir mais do que 10 unidades.

 A conversão propriamente dita, concentra-se essencialmente no desenho exterior, onde se inclui até mesmo uma nova cor, a que foi dado o nome de “Orient Night Blue”. Por fora, dificilmente alguém diz que o Sciadipersia é uma Maserati. O desenho é inspirado nos GTs das décadas de 1950 e 1960, marcado por linhas bem mais elegantes, com destaque para os detalhes de alumínio escovado na coluna C e teto, quase formando um “santoantonio”; na traseira, chama atenção as lanternas.

Por dentro, os bancos originais foram trocados por outros, revestidos de couro italiano de melhor qualidade. Ainda no interior, podemos observar aplicações de alumínio escovado no painel e outras partes do habitáculo. A exclusividade do Sciadipersia observa-se em detalhes como um conjunto específico de malas Foglizzo, exclusivo para seu portamalas.

 

A parte mecânica, eletrônica e elétrica permanece intocada. Ou seja, por baixo do capô repousa o 4.7V8, aspirado, de 460 cv do Maserati GranTurismo. Com peso de 1700 kg, mais leve que o Granturismo, o Touring Superleggera Sciadipersia anuncia aceleração de zero a 100 km/h em apenas 4,7 segundos, e a velocidade máxima é de 301 km/h.

A Touring Superleggera tem garantia de dois anos, e a conversão consome cerca de seis meses. O custo da mudança.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español