Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Toyota também já trabalha no carro-voador

Compartilhe!

Carro elétrico, carro híbrido e, agora, carro-voador. Tudo isso parece ficção científica para os pobres brasileiros. A Toyota financiará o projeto SkyDrive com cerca de US$  350 mil, que deverá ser apresentado nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

074e792a46f15ab8538358add10421c7_XL

Em 2012, a Toyota criou uma equipe com 30 funcionários (que batizou de Cartivator), para que nos seus tempos livres desenvolvessem um carro-voador. Só daqui três anos é que se poderá ver o resultado deste novo projeto, agora que a tecnologia parece estar mais desenvolvida.

A grande notícia, segundo a imprensa japonesa, é que a Toyota decidiu investir US$ 350 mil no projeto intitulado “SkyDrive”, para que esteja pronto a tempo dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. Aliás, este SkyDrive terá a particularidade de carregar a tocha olímpica na abertura do evento.

Neste momento, já estão sendo efetuados testes com um protótipo na escala 1/5. A equipe Cartivator pretende revelar o visual final do carro em julho. Sabe-se que o modelo será capaz de transportar apenas uma pessoa, numa espécie de bolha, com portas laterais (ver desenho da patente, abaixo). Existirão rotores colocados em cada lado, que o farão voar, e três rodas permitirão que circule no solo. Espera-se que o SkyDrive tenha 2,90 metros de comprimento, 1,30 m de largura e 1,10 m de altura. O objetivo é que este modelo circule à velocidade até 150 km/h.

074e792a46f15ab8538358add10421c7_2_XL

Em julho do próximo ano, a Cartivator quer testar uma versão comandada por controle remoto, e até ao final de 2018 colocar em circulação uma versão pilotada deste carro-voador. Os criadores do projeto estimam que uma versão comercial possa estar à venda em 2023.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *