Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

UMA FERRARI POR US$ 35 MILHÕES

Compartilhe!

De vez em quando, as Ferrari antigas são comentadas, em especial quando o assunto é leilão de carro clássico. A notícia mais recente conta a história de um negócio impressionante, que foi a venda de um fantástico exemplar da marca italiana, pelo preço recorde de US$ 35 milhões.

 E o que teria esse carro de tão interessante para valer tanto dinheiro? Trata-se de uma Ferrari 250 GTO 1962, construída originalmente para o legendário Stirling Moss. Infelizmente, o piloto nunca teve a oportunidade de usar este carro, devido a um violento acidente no circuito de Goodwood, no dia 23 de abril de 1962. O acidente deixou Moss em coma durante um mês e parcialmente paralisado do lado esquerdo durante seis meses, o que acabou encerrando sua carreira de piloto.

Ainda pintado na cor verde claro da equipe de Moss, o carro foi uma das 39 unidades GTO produzidas entre 1962 e 1964.

Este carro foi comprado, em 1996, pelo colecionador inglês Harry Levenyis, por US$ 3,5 milhões. Em 2000, o japonês Yoshiho Matsuda a adquiriu por US$ 8 milhões, e de imediato a vendeu para o holandês Eric Heereman por US$ 8,5 milhões. Seu novo proprietário é o americano Craig McCaw, que fez fortuna em 1993 ao vender a AT&T por US$ 11,5 bilhões.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español