Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Vendas ridículas: Ford vai sair do Japão e Indonésia

Compartilhe!

A Ford deverá encerrar suas atividades operações no Japão e na Indonésia no final deste ano. A marca aponta como causa a incapacidade de ganhar dinheiro naqueles dois países. A informação foi revelada pela agência Reuters, que teve acesso a um documento enviado aos funcionários da marca naqueles mercados.

ford-japan-announces-fiesta-ecoboost-will-debut-in-early-2014-photo-gallery_3

O documento explica que a Ford não encontra “um caminho razoável para a rentabilidade” no Japão e na Indonésia, prevendo desta forma deixar por completo aqueles dois países, tanto em termos comerciais, como de pesquisas. Ou seja, a marca vai romper com seus concessionários locais e parar também a importação de modelos da própria Ford e da Lincoln.

O mesmo foi explicado em email enviado por Dave Schoch, presidente da Ford Ásia-Pacífico, aos empregados dos dois locais, com uma fonte contatada pela Reuters confirmando que a informação foi enviada aos funcionários em 25/01.

Nos planos da Ford está também o reposicionamento das pesquisas e desenvolvimentos no Japão, que serão feitas em outra infraestrutura global da marca. Ao longo de 2015, a Ford teve participação de mercado de apenas 0,1% no Japão (equivalente a 5.000 unidades comercializadas), enquanto na Indonésia foi ligeiramente superior, ou seja, de 0,6% (apenas 6103 unidades).


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español