Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Volkswagen e Ford anunciam aliança global

Compartilhe!

A Volkswagen e a Ford anunciaram os contornos do acordo referente a uma aliança mais abrangente, que posiciona ambas empresas rumo a um incremento em termos de competitividade e redução de custos, para melhor servir seus clientes, numa era de rápidas alterações na indústria. Tudo bem diferente das Autolatina, que tão bem conhecemos.

 

Herbert Diess, CEO da Volkswagen, e Jim Hackett, CEO da Ford, confirmaram que as empresas pretendem desenvolver veículos comerciais e picapes médias para os mercados globais, o mais tardar em 2022. A aliança irá contribuir para significativas economias de escala de produção e aumento de eficiência, de modo a permitir que ambas as duas compartilhem investimentos em arquiteturas de veículos que proporcionem tecnologias e capacidades distintas.

VW e Ford estimam que a cooperação nos veículos comerciais e picapes irá permitir, a partir de 2023, melhoria nos resultados operacionais anuais. Além disso, a Volkswagen e a Ford assinaram um memorando de entendimento para a colaboração em veículos autônomos, serviços de mobilidade e veículos elétricos, e iniciaram a exploração de novas oportunidades. As duas também afirmaram estar abertas a trabalhar em programas adicionais de veículos no futuro. As equipes irão continuar trabalhando nos detalhes do acordo ao longo dos próximos meses.

“Ao longo do tempo, esta aliança irá ajudar ambas empresas a criarem valores e a satisfazer as necessidades dos nossos clientes e da sociedade”, afirmou Hackett. “Ela não só irá nos conduzir a eficiências significativas e ajudar ambas as companhias a melhorar as suas aptidões, como também nos dará oportunidades de colaboração na definição da próxima era da mobilidade”.

“A Volkswagen e a Ford vão combinar os seus conjuntos de recursos, capacidades de inovação e posições de mercado complementares para servir ainda melhor os milhões de clientes de todo o mundo. Em simultâneo, esta aliança vai ser fundamental no nosso esforço de melhoria em termos de competitividade”, acrescentou Diess.

Esta aliança, que não acarreta qualquer aporte de capital entre as duas empresas, será gerida por um comitê conjunto. Este comitê será liderado por Hackett e Diess e incluirá outros altos executivos das duas ambas marcas.

A Ford e a Volkswagen contam com sólidos negócios de veículos comerciais e picapes em todo o mundo, integrando modelos populares, como as linhas Ford Transit e Ranger, bem como as Volkswagen Transporter, Caddy e Amarok.

Em 2018, os volumes combinados de veículos comerciais leves das duas empresas totalizaram cerca de 1,2 milhões de unidades em todo o mundo, produção que poderá representar o maior volume colaborativo de um setor em plena ascensão no domínio da produção.

A procura por picapes médias e de veículos comerciais deverá crescer globalmente nos próximos cinco anos. A aliança irá permitir que as empresas dividam custos de desenvolvimento, alavancando as suas capacidades de produção, aumentando a qualidade e competitividade dos seus veículos, gerando com isso maiores eficiências de custos, ao mesmo tempo que se mantêm distintas as características de cada marca.

Por meio desta aliança, a Ford irá projetar e construir picapes médias para as duas empresas, propostas que deverão chegar ao mercado o mais tardar em 2022. Nesse terreno a Ford tem a ranger e a Volkswagen a Amarok. Igualmente para ambas, a Ford pretende ainda projetar e construir veículos comerciais de grande dimensão, destinados a clientes europeus, enquanto a Volkswagen pretende desenvolver e construir um veículo comercial urbano.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *