Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

VOLKSWAGEN VAI PRODUZIR MOTOCICLETAS

Compartilhe!

Negócio bilionário.

A Volkswagen vai produzir motocicletas, para ficar no mesmo molde da empresa da BMW, que fabrica carros e motos. A Audi, divisão de veículos de luxo da Volkswagen, fez acordo para comprar a Ducati, tradicional marca italiana de motocicletas, por cerca de 860 milhões de Euro (em torno de US$ 1,10 bilhão), incluindo a dívida. A dívida da Ducati é de menos de 200 milhões de Euro, e a Audi chegou a um acordo com o principal acionista da Ducati, a Investindustrial, e planeja anunciar a aquisição amanhã, dia 18.

Audi quer incomodar a BMW com a Ducati.

Especialistas questionaram o benefício industrial da compra da Ducati, afirmando que o negócio é um desperdício de dinheiro, num momento em que a Volkswagen enfrenta desafios para integrar a marca de carros de luxo Porsche e fundir as operações de caminhões MAN e Scania.

A Ducati vai aumentar o portfólio de marcas da Volkswagen para 12 e levar a rivalidade da Audi com a BMW para o terreno das motos de luxo. A Volkswagen produz desde carros compactos a caminhões de 40 toneladas. E agora motos.

Na verdade, fabricar motos não é estranho para a Audi. Antes da Segunda Guerra, a DKW –que junto com a Audi formou a Auto Union- foi a maior fabricante européia de motos e de bicicletas motorizadas, em especial durante os anos 1920 e 1930. Após a guerra, produziu os modelos RT125, RT175, RT250 e RT350.

NO PASSADO

A DKW deve boa parte de sua imagem à produção de motocicletas, em especial as RT125. Como reparação aos danos provocados pela participação dos alemães na guerra, os desenhos da RT125 foram passados para a Harley-Davidson, nos Estados Unidos, e à BSA, na Inglaterra.

Motos DKW: projetos copiados até pela Harley-Davidson.

A primeira produziu a Hummer, enquanto os ingleses lançaram a Bantam. Os modelos DKW produzidos pela IFA e pela MZ permaneceram em produção até os anos 1990, quando foram encerradas as linhas de produção dos motores de dois tempos. Outros fabricantes também copiaram os projetos da DKW, que aparece em vários outros modelos de motocicletas com motores de dois tempos dos anos 1950, como produtos da japonesa Yamaha, da russa Voskhod e da polonesa WSK.


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *