Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

VW Golf nacional deve chegar desatualizado

Compartilhe!

A Volkswagen vai lançar o Golf nacional em fevereiro, mas prepara a apresentação de uma versão atualizada do Golf euopeu para o Salão de Genebra, em março. São esperadas novas motorizações, tecnologias mais evoluídas e retoques no visual. A marca começou a divulgar o modelo nacional, sem as mudanças que serão aplicadas no europeu.

golf-comfortline-630x420

O novo modelo Golf deverá incluir as recentes versões de motores da Volkswagen, com destaque para a versão 1.5 a gasolina 1.5, aumento de cilindrada diante do anterior 1.4, e o diesel 1.5, que, no sentido inverso, reduziu de cilindrada em relação ao anterior 1.6 TDI.

Em nível de tecnologia, a Volkswagen poderá incluir uma tela de 9.2 polegadas, equipado com reconhecimento de voz e touchscreen mais evoluídos. A imprensa europeia espera que o modelo tenha painel de instrumentos totalmente digital – pelo menos nas versões GTI e R.

Sem confirmação oficial, é provável que a marca alemã revise o visual do novo Golf, com modificações na grade, para-choques e faróis e lanternas, recorrendo à tecnologia LED.

NO BRASIL

O resultado final deverá chegar aos mercados europeus ainda em 2016. Não se sabe quando essas mudanças serão aplicada no Golf brasileiro, que chega agora em fevereiro.

A Volkswagen divulgou os preços e versões do Golf nacional, que terá mudanças mecânicas e novos equipamentos de série em relação ao modelo importado do México.

Fabricado em São José dos Pinhais (PR), o hatch será, segundo o fabricante, o primeiro carro nacional a ser equipado de série, em todas as versões, com sete airbags, controles eletrônicos de tração e de estabilidade e sistema de frenagem automática pós-colisão.

A configuração de entrada continua sendo a Comfortline, mas agora com o motor 1.6 de quatro cilindros e 120 cv, já utilizado nas linhas Fox, Gol e Saveiro, com transmissão manual de cinco marchas (R$ 74.590) ou automática de seis marchas (R$ 79.990). Com isso desaparece a suspensão traseira do tipo multilink, trocada por um mais em conta eixo de torção.

Entre os equipamentos de série do Golf Comfortline estão a central multimídia Composition Media, compatível com MirrorLink, Apple CarPlay e Android Auto, faróis de neblina com luzes de conversão, rodas de liga leve aro 16, retrovisores externos com desembaçadores e assistente de partida em rampas.

O motor 1.4 TSI permanece disponível na versão Highline, que começa em R$ 91.290. Agora é flex e mais potente (foi de 140 cv para 150 cv), mas perdeu a caixa de câmbio automatizada de dupla embreagem, substituída pela automática Tiptronic de seis marchas (R$ 96.690). A lista de equipamentos inclui sistema start/stop, ar-condicionado digital bizone, bancos revestidos de couro, sensores de chuva e luminosidade e volante multifuncional.

A versão top de linha, GTI, também é nacional e começa em caros R$ 117.690. O modelo conserva as principais características técnicas do modelo importado, inclusive o motor 2.0 TSI a gasolina de 220 cv, mais a transmissão automatizada de dupla embreagem. A novidade para o Golf GTI nacional fica para o sistema de som Fender, com 10 canais, e novas rodas de liga leve de 18 polegadas (opcionais).

Versões e preços do VW Golf brasileiro:

• Golf Comfortline 1.6 MSI – R$ 74.590
• Golf Comfortline 1.6 MSI Tiptronic – R$ 79.990
• Golf Highline 1.4 TSI – R$ 91.290
• Golf Highline 1.4 TSI Tiptronic – R$ 96.690
• Golf GTI 2.0 DSG – R$ 117.690


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español