Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

VW: GOLF VII CHEGA EM JUNHO, UP! E SANTANA SÓ EM 2014

Compartilhe!

cockpit automovel vw up

A Volkswagen pretende assumir a liderança mundial em vendas de veículos até 2018. Para isso, irá trabalhar com apenas quatro plataformas como forma de reduzir custos e para produzir todos os seus automóveis e comerciais, incluindo aí modelos de suas outras marcas, como Audi, Seat e Skoda.

Plataforma é basicamente o assoalho do carro e todo o conjunto de componentes comuns: suspensões, direção, motor, transmissão e mesmo peças menores, como rádios, instrumentos ou maçanetas, por exemplo. Quanto mais modelos dividirem esses itens, maior o volume de produção e, por consequência, menor o custo. E custo baixo significa (de vez em quando) preços também baixos e veículos mais competitivos no mercado.

O painel do Up! europeu.
O painel do Up! europeu.

O novo Volkswagen nacional, o Up!, que estava previsto para setembro próximo mas deverá chegar em janeiro do próximo ano, é o primeiro produto da plataforma NSF (New Small Family, que será de base de todos os carros pequenos da VW).

O VW Up! é vendido na Europa desde o ano passado, tendo ocupado o lugar do Fox (sinal de que a vida do Fox brasileiro será curta…). Aqui o Up! nacional irá substituir o Gol G4, ficando como carro de entrada da marca. O modelo já está rodando em testes fora da fábrica, e é possível notar que o projeto original sofreu algumas alterações.

cockpit automovel vw up2

A principal novidade é a carroceria mais longa, para permitir mais espaço no porta-malas; no Up! europeu a tampa traseira é de vidro, e aqui será de metal, e o acabamento também será mais simples. Graças à distância entre-eixos, que é a mais comprida do segmento na Europa, aos motores compactos colocados em posição mais avançada e ao redesenho dos eixos, motorista e passageiros usufruem de bom conforto. Rebatendo completamente o banco traseiro, o volume de carga aumenta para 951 litros (pode chegar a 1000 litros aqui), deixando à disposição uma superfície quase plana.

O carro se destina à classe C brasileira, espécie de Fusca dos novos tempos. O diferencial no mercado é que se trata de um projeto atual, diferente do Clio e Mille, por exemplo, que atendem ao mesmo perfil de compradores.

O motor também será novo, 1.0 de três cilindros, com projeto muito moderno e leve. Na Europa existem versões de 60 e 75 cv, mais o Bluemotion. Desde os anos 1960, quando comprou a DKW Vemag, a Volkswagen não colocava as mãos aqui no Brasil num motor de três cilindros e um litro. A fabricação deverá ser feita em São Carlos, SP.

Apesar de as dimensões externas reduzidas (cerca de 30 cm mais curto que o Gol), o Up! é espaçoso por dentro, o que foi pensado na criação da plataforma. O porta-malas da versão européia tem 250 litros de capacidade, mas aqui deve ir para cerca de 280 litros.

Esqueça luxo, esta não é a proposta do carrinho. Ele vai custar pouco, em torno dos R$ 25 mil, e terá acabamento “franciscano”, mas de boa qualidade, como sempre acontece com os carros da marca. O painel é simples e básico, mas poderá ter som e GPS integrado ao carro.

Na Europa ele tem o sistema de informação e entretenimento “maps+more”. Este conjunto usa tela touchscreen e integra o sistema de navegação, hands free, informações sobre o veículo e entradas USB, entre outros. Com ele é possível configurar diferentes perfis individuais por meio de aplicativos. O sistema maps+more está posicionado na área superior da console central.

O objetivo foi desenvolver um sistema de navegação, rádio, informação e entretenimento portátil que fosse tão econômico como o próprio Up! e que pudesse ser atualizado com os mais recentes softwares. Para isso, a Volkswagen e a Navigon (um dos principais fornecedores de sistemas de navegação em todo o mundo), desenvolveram o sistema maps+more. Não se sabe se o consumidor brasileiro irá merecer tanto carinho.

Golf VII tem chegada ao Brasil prevista para junho.
Golf VII tem chegada ao Brasil prevista para junho.

A Volkswagen já registrou o nome Samba, mas internamente o carro é tratado mesmo como Up!. Ao mesmo tempo em que comemora 60 anos de Brasil, a VW trabalha para apresentar em junho o Golf de sétima geração, importado do México, e para o ano que vem, Up! no início e Santana, para o Salão do Automóvel.

VW-Santana-05-560x373
Novo Santana está previsto para o Salão do Automóvel de 2014.

A chegada da plataforma NSF é muito importante para a Volkswagen, pois servirá de base para outros lançamentos, incluindo o mini SUV Tiguan, que a montadora já mostrou no último Salão do Automóvel.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español