Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

VW MOSTRA O NOVO GOLF VII (QUE VAI SER VENDIDO AQUI)

Compartilhe!

Promessa cumprida. A Volkswagen já tinha avisado que apresentaria hoje (04/09), na Alemanha, a sétima geração do VW Golf, o carro mais vendido da marca na sua história. Nesta nova geração, ele ficou maior, com mais espaço interno e mais econômico. Para o mercado brasileiro, uma ótima noticia: ele será vendido aquí, para acabar com a defasagem que o nosso modelo tem desde que a marca parou no tempo e decidiu apenas reestilizar o Golf de quarta geração fabricado aqui.

 O Golf VII será fabricado também no México, para abastecer o mercado norte-americano, e também será comercializado no Brasil, para se beneficiar da isenção de cobrança do imposto de importação. Será o primeiro modelo da Volkswagen equipado com a avançada plataforma modular MQB, para modelos com tração dianteira e motor transversal de vários tamanhos, indo do Polo ao Passat, por exemplo. Já está sendo aplicada no novo Audi A3 e, agora vai começar a ser utilizada por outras marcas do grupo. O Golf ainda será cerca de 100 kg mais leve. A versão Bluemotion, 1.6, promete consumo de  pouco mais de 31 km/litro.

 O carro tem 4,26 metros de comprimento, 1,74 m de largura, 1,42 cm de altura e 2,63 m de entre-eixos; o porta-malas  tem boa capacidade, de 380 litros. 

 

NO BRASIL

O VW Golf foi lançado no Brasil em 1994, primeiro importado do México, na versão GTi, duas portas e com motor 2.0. Em seguida vieram outras opções, o GLX 2.0 e o GL 1.8, importados da Alemanha.

Como em todos os mercados onde foi vendido, o Golf fez grande sucesso, e a Volkswagen decidiu fabricá-lo em São José dos Pinhais (PR), a partir de janeiro de 1999, compartilhando plataforma com o Audi A3. Havia a versão GTI, equipada com motor 1.8 turbo, primeiro com 150 cv (o mesmo motor do Audi A3, que era feito na mesma fábrica do Paraná). Esta quarta geração do hatch mantinha o mesmo nível de qualidade do modelo alemão.

Com o passar do tempo, o Golf passou a ficar defasado diante dos concorrentes, e para continuar chamando atenção, a marca lançou algumas série especiais, como a Sport e a Flash; a Sport foi lançada duas vezes, com motor 1.8 turbo e depois com o mesmo 2.0 aspirado do Bora.

O Golf ganhou um face lift na linha 2007, mas enquanto no Brasil a quarta geração recebeu apenas uma atualização caseira, na Europa a quinta geração já estava saindo de linha e chegando a sexta, que foi apresentada em 2010. Por outro lado, a reestilização brasileira incluiu uma versão GTI com mais potência (desde que abastecido com gasolina de maior octanagem), que chegava aos 193 cv, sendo assim o carro mais potente produzido no Brasil.

Mas esse esportivo durou pouco no mercado e saiu de produção em 2008. O Golf ficou esses cinco anos sem mudanças. Hoje está três gerações atrás do europeu, mas como será produzido no México, vai desembarcar por aqui atualizado. Só não se sabe quando ainda. 


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español