Por que Ferrari e Porsche têm um cavalo “rampante” no logotipo?

Compartilhe!


Curioso. Por que Ferrari e Porsche tem um cavalo empinando nos seus logotipos? Será que o cavalo rampante é símbolo de desempenho, força e nobreza ou é apenas mera coincidência que seja praticamente o mesmo símbolo da Porsche e Ferrari?

Da Redação

Ver a imagem de origem

A representação gráfica de animais para associar determinados valores a coisas ou situações são aplicações tão diversas como marcas, famílias ou cidades, uma prática recorrente. Já na Idade Média, os brasões de muitas famílias reais europeias recorriam a representações de animais, como ursos, cobras ou leões, entre outros.

Dois bons exemplos do uso de animais no logotipo de marcas de carro são a Ferrari e a Porsche; no Brasil, tivemos a Puma, por exemplo.

Marcas muito distintas (uma é alemã, outra é italiana) e inclusive rivais, mas que no entanto recorreram à mesma representação no seus emblemas: um cavalo empinando.

Podemos justificar o uso do cavalo enquanto símbolo das duas marcas por ser fácil associar o animal a valores como poder, força, liberdade, beleza e nobreza, entre outros. Valores que facilmente poderíamos associar a marcas do naipe da Ferrari e Porsche. Mas continua sendo estranho duas marcas rivais terem praticamente o mesmo símbolo. Seria o mesmo que ver o Corinthians e Palmeiras usando a boia e os remos —o símbolo do Corinthians-—, para se identificarem.

Porsche Logo

A principal razão para as duas marcas usarem o cavallino, em bom italiano, ou pferd, em bom alemão, por incrível que pareça, é apenas uma grande coincidência! No entanto, o simbolismo do cavalo é usado nas duas marcas por motivos completamente distintos.

cavallino rampante

Ferrari 250 GTO, 1962, pormenor

Temos de mergulhar na história das duas marcas para perceber a razão desta coincidência. No caso dos italçianos, vamos recuar no tempo, até muito antes da fundação da Ferrari, na I Guerra Mundial, para descobrir a origem do símbolo.

O cavalo empinando da Ferrari teve origem no símbolo que um piloto da força aérea italiana, Francesco Baracca, usava no seu avião. Este símbolo foi recuperado por Enzo Ferrari, a pedido da mãe do piloto, com o argumento de que traria sorte à marca. Parece que isso funcionou…

O símbolo começou a ser usado em 1932, quando apenas existia a Scuderia Ferrari, a equipe oficial de competição da Alfa Romeo.

O pferd de Stuttgart

Porsche Logo

Ao contrário da Ferrari, a origem do cavalo no símbolo da Porsche não se deve a questões de sorte ou de influência de pilotos de aviões. O cavalo empinando é o símbolo da cidade de Stuttgart, a cidade alemã onde está sediada a Porsche.

No caso da marca alemã, o símbolo seria definido e conhecido apenas em 1952, quando seu primeiro modelo, o Porsche 356 foi o primeiro a ostentá-lo.

Nas origens da cidade de Stuttgart vamos entender o porque de usarem o cavalo como símbolo, que posteriormente foi adotado também pela Porsche.

Aquela cidade foi fundada no século X, pelo duque Liudolf da Suábia. Um local originalmente usado para a criação de equinos, usados pela sua cavalaria durante as invasões húngaras. A presença dos estábulos do duque Liudolf em Stuttgart foi tão marcante que este animal acabou servindo de inspiração para o símbolo da cidade.

Apesar de origens tão diferentes, não deixa de ser uma coincidência interessante o fato de que Ferrari e Porsche, duas das mais importantes marcas de automóveis esportivos, tenham acabado com um cavalo empinando como elemento principal dos seus logotipos.

Porsche 959 e Ferrari F40

Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español