Última hora

Ford pode vender uma de suas principais fábricas para a BYD

Compartilhe!

Já falamos sobre isso há algumas semanas: a China vai assumir o controle da Europa e não há muito que possa ser feito. Os fabricantes de automóveis já acenderam o alerta e a União Europeia não está facilitando as coisas a tornar as coisas para eles. Um dos muitos exemplos disso veio da Ford, que anunciou recentemente a sua estratégia na Europa. Isso inclui descontinuar diversos modelos e até vender fábrica.

por Marcos Cesar Silva

Um resumo rápido das ideias da Ford: adeus ao Focus, ao S-Max e Galaxy neste início de ano, e ao Fiesta em junho próximo. Em seu lugar virá o “primeiro veículo elétrico de passageiros” a ser fabricado em Colônia, na Alemanha, ainda neste ano. Será um SUV elétrico de tamanho médio. Ele será acompanhado por um segundo veículo elétrico em 2024.

A fábrica de Colônia desempenhará papel importante no objetivo da empresa de vender apenas veículos elétricos na Europa até o final da década. E o mesmo vale para a Almussafes, na Espanha. No ano passado, a Ford escolheu sua fábrica de Valência para construir os veículos elétricos de próxima geração da empresa. Então, onde ser encaixa a fábrica de Saarlouis, na Alemanha?

A fábrica de Saarlouis é responsável pela produção do Focus, mas em 2025 ficará vazia. De acordo com rumores, a Ford poderia vender esta fábrica, uma de suas principais na Europa, para a chinesa Build Your Dreams (BYD). Os executivos da marca americana se reunirão em breve com a fabricante chinesa.

Nesta a reunião, eles discutirão a possível venda da fábrica de Saarlouis. Todo o processo ainda está nos estágios iniciais e pode até acabar fracassando, mas há sinais positivos de ambos os lados de que eles deverão chegar a um acordo. Afinal, em junho do ano passado, a Ford disse que esperava cortes significativos de empregos em Saarlouis.

A BYD está interessada em expandir suas operações na Europa, e para isso conta com produção local.

A fábrica emprega atualmente 4.600 pessoas. De acordo com o novo relatório da Fort, a empresa estaria procurando alternativas para a produção de veículos, na tentativa de manter o maior número possível desses empregos preservados. A Ford está em contato com cerca de 15 potenciais grandes investidores, embora os detalhes em torno de um possível acordo permaneçam um mistério.


Compartilhe!
1716240537