Última hora

Gerhard Berger recupera sua Ferrari furtada há 29 anos

Compartilhe!

O austríaco Gerhard Berger , ex-piloto de Fórmula 1 que participou de 210 GPs da categoria de 1984 a 1997, registrou o furto roubo de sua Ferrari em 1995. Ele foi companheiro de equipe de Senna e um de seus melhores amigos.

por Ricardo Caruso

Eles recuperam uma Ferrari roubada há quase 29 anos, de propriedade de um ex-piloto de F1

Durante o fim de semana do GP de San Marino, em abril de 1995, enquanto estavam na cidade para a corrida, dois pilotos de Fórmula 1 tiveram suas Ferrari levadas pelos amigos do alheio. Uma delas era a Ferrari F512M vermelha de Berger, e nenhum dos dois carros foi encontrado.

Em janeiro deste ano, porém, a Polícia Metropolitana daquela região da Itália, recebeu um relatório da própria Ferrari, que tinha realizado revisões num carro adquirido por um comprador americano por meio de um vendedor do Reino Unido em 2023, que identificou como um veículo objeto de furto.

Oficiais especializados em furtos e roubos de automóveis realizaram extensas investigações em todo o mundo,o que acabou revelando os antecedentes do carro , incluindo que ele havia sido enviado ao Japão logo após ser furtado, até ser trazido para o Reino Unido no final de 2023.

A Unidade de Crime Organizado em Veículos, da Polícia Metropolitana, é uma pequena equipe de investigadores especializados em veículos, composta por policiais e funcionários altamente qualificados.

Em 2023, a unidade recuperou 418 veículos, no valor total de US$ 40 milhões. Destes, 326 estavam ligados a grupos criminosos organizados, representando US$ 22 milhões do valor total dos veículos apreendidos.

Para se ter uma ideia, recentemente algumas unidades desta Ferrari F512M foram leiloadas por mais de US$ 690 mil. Se Berger não teve tanta sorte como piloto, pelo menos desta vez não há o que reclamar.


Compartilhe!
1713372662