Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

“Gigafábrica” de baterias da Tesla será em Nevada

Compartilhe!

thumb

Depois de muita especulação, foi confirmado o local de construção da “Gigafactory” de baterias para os carros elétricos da Tesla. Após meses de procura da melhor localização para a fábrica, e depois de ter reduzido as propostas a quatro estados norte-americanos (Nevada, Arizona, Novo México e Texas), a Tesla, a Panasonic e os outros parceiros, enfim chegaram a uma decisão.

Em press release emitido pela marca de veículos elétricos, foi anunciado que a escolha recaiu na cidade de Reno, no Estado do Nevada. Com 46 hectares, a fábrica de baterias tem custo previsto de US$ 3,8 bilhões, e será responsável, de início, por empregar 3 mil pessoas na sua construção. Até 2020, quando a fábrica estiver concluída, terão sido criados mais 16 mil postos de trabalho. Segundo Brian Sandoval, governador do estado, aquela que será a maior e mais avançada fábrica no Nevada terá “impacto econômico de quase US$ 77 bilhões na região”. Nesta unidade -alimentada por energias renováveis- os 6.500 funcionários serão responsáveis por produzir 50 GWh em baterias por ano, ou seja, o suficiente para alimentar exclusivamente 500 mil carros da Tesla.

Com todos os benefícios fiscais que a marca receberá, o CEO Elon Musk comprometeu-se a doar US$ 35 milhões para estudantes do ensino primário e secundário no início de agosto de 2018, tal como US$ 1 milhão para pesquisa e desenvolvimento de novas baterias. Tudo muito bonito até agora, mas para que a “Gigafactory” se torne realidade, será preciso aprovar cinco leis no Estado do Nevada.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español