LONDRINA: SEGUNDA MORTE EM DUAS SEMANAS

Compartilhe!

294x276

O piloto Robson Kolling, de 36 anos, morreu ontem, sexta-feira, depois de um acidente durante os treinos para a “500 Milhas de Londrina”, no Autódromo Ayrton Senna, no Paraná.

images
De acordo com testemunhas, o piloto perdeu o controle no final da reta da reta, onde se atinge velocidades acima dos 250 km/h, e bateu de frente e com violência nas barreiras de pneus. Não existem marcas de frenagem no local. Os treinos foram imediatamente interrompidos, mas os trabalhos da equipe médica presente no circuito não foram suficientes para salvar o piloto, que não resistiu aos ferimentos e faleceu.

images1
Kolling pilotava um protótipo MXR de Grupo 1. A organização decidiu cancelar a segunda sessão de treinos, garantindo, no entanto, a realização da prova. “Vamos fazer um minuto de silêncio na formação do grid para homenagear o piloto”, anunciou o diretor de prova, Tino Bento.

Esta é a segunda morte na pista de Londrina em menos de duas semanas. No início do mês, o empresário Walid Ali, de 37 anos, morreu durante um Track Day de motos.


Compartilhe!
简体中文 简体中文 English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano 日本語 日本語 Português Português Español Español