Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

Carros autônomos da Google já se envolveram em 11 acidentes. Sem culpa

Compartilhe!

8FJRNGF7

É o preço do desenvolvimento de novas tecnologias. Veículos autônomos da Google já sofreram 11 acidentes. Apesar disso, o responsável pelo projeto de condução autônoma da garante que os protótipos não foram considerados culpados em nenhum deles

Chris Urmson, que dirige o projeto de veículos autônomos da Google, divulgou por meio de um  post na internet alguns dados sobre o desenvolvimento desta tecnologia, que, entre outras análises, é considerada um importante passo adiante na segurança viária. Ao longo de seis anos de testes com mais de 20 carros -que rodaram distância superior a 2,7 milhões de km- os protótipos da Google estiveram envolvidos em 11 acidentes, embora em nenhum deles tenham sido considerados responsáveis pelo acontecido.

Como explicou Chris Urmson, “quando se fica muito tempo nas fruas e estradas, os acidentes vão acontecer, quer esteja num veículo autônomo ou não”. Além disso, e um pouco na ótica de que “cair e levantar faz parte de aprender a andar”, também a Google indica que estes sinistros fazem parte do processo de aprendizagem dos sistemas de condução autônoma, que assim acumulam mais conhecimentos sobre as práticas dos humanos ao volante.

Urmson também deu uma razão muito simples para explicar porque os veículos autônomos não conseguiram desviar e assim evitar as batidas. “Mesmo quando o nosso software e sensores conseguem detectar situações complicadas e reagir de forma mais rápida que um humano atento, por vezes é impossível ultrapassar a realidade da velocidade e distância”.

Dos onze acidentes em que os carros da Google já estiveram envolvidas, quatro deles aconteceram nos últimos meses na Califórnia, desde que aquele estado norte-americano concedeu a licença para testes de condução autônoma ao gigante da informática, em setembro.

Ao longo de seis anos nas ruas, oito dos acidentes ocorreram em ambiente urbano, e os outros três fora do trânsito das cidades. Dos tipos de acidentes, a Google explica que sete deles foram colisões na traseira dos seus protótipos autônomos, duas colisões laterais e um outro batica com um carro que não respeitou um sinal de “Stop”.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español