Auto&Técnica | Desde 1995, 23 anos de boas notícias.

CONFIRA: EM VÍDEO, O QUE SOBROU DA PACKARD

Compartilhe!

images (1)

Uma das maiores fábricas de automóveis que já existiu hoje é apenas um monte de ruínas, monumento ao descaso e falta de preservação. Estamos falando da area onde a Packard produzia seus carros, em instalações de 325 mil m2. Os prédios foram desenhados por Albert Kahn e ficam localizados num espaço de 142 mil m2, na East Grand Boulevard, lado Este de Detroit. Foi a primeira construção daquela cidade a usar concreto armado em sua estrutura.

images

Esta fábrica começou a operar em 1903 e era considerada a mais moderna que existia. Fechou em 1958, quando o último Packard deixou a linha de montagem, e os prédios foram usados como depósitos até o começo dos anos 1990. Depois de abandonado, tornou-se alvo de grafiteiros e pichadores, e pedacinho por pedacinho foi destruído por vândalos. Os Packard disputavam mercado com marcas top de linha, como Cadillac e Pierce Arrow.

Autoweek-Demolition-of-Packard-Plant-in-Detroit-could-begin-within-90-days

A cidade de Detroit cobra de Dominic Cristini, que garante ser o atual proprietário, a demolição ou recuperação do espaço. Foi tentado um leilão no ano passado, mas sem sucesso. A fábrica da Packard é um retrato claro da derrocada da cidade de Detroit, outrora a “capital mundial do automóvel”.

Confira o que sobrou da Packard, ao som de “Whats Going On”, de Marvin Gaye.


Compartilhe!
English English Français Français Deutsch Deutsch Italiano Italiano Português Português Español Español